Roteiro descobre património religioso de Setúbal

Setúbal
Setúbal

Information

Uma nova publicação da Câmara Municipal de Setúbal, recentemente apresentada no Convento de Jesus, ajuda a descobrir a riqueza singular do património religioso do concelho, ao proporcionar um roteiro por igrejas, conventos, capelas e ermidas.

Em mais de uma centena de páginas, o livro Património Religioso de Setúbal partilha, em português, inglês e francês, factos e curiosidades históricas que permitem embarcar numa viagem de enriquecimento cultural pelos mais variados monumentos religiosos.

“Contar o que esteve na origem destas casas sagradas, o que determinou as suas configurações arquitetónicas e o que contêm é, acima de tudo, um meio para preservar e dar a conhecer uma memória urbana coletiva”, afirmou a presidente da autarquia, Maria das Dores Meira.

Na apresentação pública do livro, realizada nos claustros do Convento de Jesus, a autarca reforçou que “foram as igrejas, capelas e ermidas que determinaram, em muito boa parte, o crescimento urbano da cidade e do concelho e até a composição social das áreas em que foram construídas”.

Uma memória que, vincou, “é passível de ser apropriada por todos e em contextos que ultrapassam em muito a mera utilidade religiosa destas Casas de Deus, que, felizmente, continuam a ter, na maior parte dos casos, a vida própria que o concelho lhes ofereceu”.

De Setúbal a Azeitão, são mais de três dezenas igrejas, capelas, conventos e recolhimentos que podem ser apreciados com a ajuda deste guia, o qual contém, além de imagens e descrições sobre este património, informações com a localização de cada um destes locais, graças a um grande suporte de plantas.

“Através deste itinerário pelas expressões artísticas e religiosas locais, é possível perceber quão rico e variado é o património arquitetónico religioso setubalense”, apontou Maria das Dores Meira. “Contar a história é, acima de tudo, relatar a vida que edificou, ao longo de séculos, a nossa comunidade.”

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal realçou, igualmente, que o livro Património Religioso de Setúbal – Roteiro de Igrejas, Capelas e Conventos cumpre ainda o objetivo de, “por esta via, estimular a permanente e vigilante salvaguarda de tão importante legado patrimonial”.

O bispo de Setúbal, D. José Ornelas Carvalho, vincou a importância desta nova publicação. “Pensar e cuidar de memórias é um ato humano, de cultura, o qual constitui um desafio, de conservar, saber respeitar e, também, de criar sentido de interpretação, sobretudo para as gerações mais novas.”

O prelado vincou ainda a importância desta nova publicação, “um testemunho” que faz uma ponte entre o antigamente e a atualidade, fundamental para que “estes espaços não pertençam apenas ao passado, mas que, sobretudo, possam ser usufruídos no presente”.

Nesta matéria, o bispo de Setúbal enalteceu a celebração de um protocolo de colaboração entre a Diocese e a Câmara Municipal, o qual permite, por exemplo a realização de pequenos eventos culturais na Igreja do Convento de Jesus, tornando-os “mais vivos” e abertos à comunidade.

A cerimónia de apresentação do livro, que incluiu um apontamento musical por João Mendonza e Renato Sousa, contou com a presença de membros do Executivo, do presidente da Assembleia Municipal de Setúbal, André Martins, e de vários párocos do concelho.

To read

Published 03/05/2021

Map

CityOnline

Escolha o Idioma