Sintra aposta na requalificação de escolas e pavilhões escolares

Sintra
Sintra

Information

A Câmara Municipal de Sintra vai investir mais de 1 milhão e 800 mil na reabilitação de escolas e pavilhões desportivos do concelho.

Em reunião de executivo, realizada esta terça-feira, a autarquia aprovou a abertura do concurso público para conservação e beneficiação de escolas EB 2, 3 com valor base 396 mil euros, adjudicou a requalificação dos pavilhões desportivos de escolas EB 2, 3 e secundárias no valor de mais de 1 milhão de euros, e adjudicou também a beneficiação de escolas EB1 no valor de 397 mil euros.

Para o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta este investimento segue a linha “de prioridades que o município estabeleceu para o seu mandato. O setor da educação é uma das prioridades pela importância que têm na vida de milhares de jovens e no futuro de Sintra e do país”.

Em reunião de executivo foi aprovada a abertura do concurso público, no valor de 396 mil e 500 euros corresponde ao lote 3 da empreitada de conservação e beneficiação das escolas EB 2, 3, Rainha D. Leonor de Lencastre, Escultor Francisco dos Santos e Ferreira de Castro. A empreitada tem como objetivo garantir as boas condições de funcionamento dos estabelecimentos de ensino do segundo e terceiro ciclo e incide sobre a reabilitação e recuperação dos revestimentos de paredes e pavimentos, pinturas interiores e exteriores e correção de patologias identificadas.

Foi adjudicada, pelo valor de 1 milhão e 36 mil euros, a requalificação dos pavilhões desportivos de escolas EB2, 3 e secundárias que dá continuidade ao investimento na valorização e modernização dos edifícios escolares, de forma a garantir o conforto dos alunos e boas condições de funcionamento destes equipamentos.

A adjudicação da empreitada de conservação e beneficiação de escolas EB1 corresponde ao investimento de 397 mil e 700 mil euros pela autarquia de Sintra. Os trabalhos visam assegurar as boas condições de funcionamento dos estabelecimentos de ensino, através da adoção de medidas para garantir a estanquidade dos edifícios, designadamente das fachadas. Para o efeito está prevista a reparação e pintura das fachadas e correção de patologias identificadas.

Realizada em 3 lotes, serão alvo de intervenção as escolas básicas de Casal de Cambra, Fernando Formigal de Morais, Rio de Mouro, Serradas, Meleças, Queluz, Massamá, Monte Abraão e Jardins de Infância de Montelavar, Morelena, Palmeiros, Cacém e Arneiro dos Marinheiros.

Recorde-se que o Plano de Investimentos nas Escolas de Sintra foi apresentado em março de 2018 e prevê a intervenção em 98 escolas, abrangendo mais de 30 mil alunos, num investimento total de cerca de 24 milhões de euros, dos quais 3,250 milhões de fundos comunitários.

To read

Published 14/04/2021

Map

CityOnline

Escolha o Idioma