Artigo já terminou no dia 27/05/2022
27/05/2022 - 19:00

Concerto de Jill Lawson no CCB

CCB - Centro Cultural de Belém - Lisboa
Praça do Império 7, 1449-003 LisboaCCB - Centro Cultural de Belém
Clique para ver Bilhetes

Información

A talentosa pianista Jill Lawson irá apresentar um programa em que Robert Schumann dialoga com Franz Liszt. De Schumann irá interpretar a Fantasia em Dó Maior, op. 17, dedicada a Liszt, enquanto de Liszt iá tocar a Sonata em Si menor, dedicada a Schumann.

Jill Lawson, pianista de nacionalidade luso-americana, nasceu no México em 1974 e cresceu na Bélgica, residindo atualmente em Portugal. Entre os numerosos prémios e distinções que obteve em competições nacionais e internacionais, destacam-se o 2o prémio no concurso internacional de piano “Vianna da Motta”, finalista da “Classical Fellowship Awards” da American Pianists Association e o 4o prémio no “Concurso Internacional Schubert” em Dortmund.

Como solista, deu recitais e tocou com inúmeras orquestras de renome na Europa, América e Ásia, mantendo simultaneamente uma atividade no domínio da música de câmara. Juntamente com seu irmão Eliot, violinista, forma o Duo Lawson & Lawson.É docente na Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco, e coordenadora da classe de Piano na Escola de Musica do Colégio Moderno em Lisboa.

Jill iniciou os seus estudos de piano aos 8 anos de idade em Antuérpia, tendo sucessivamente obtido as mais elevadas classificações e distinções em prestigiadas escolas como o Conservatório Real de Antuérpia, a Chapelle Musicale Reine Elisabeth em Bruxelas e o Conservatório de Amsterdão, onde estudou com Jan Wijn. No Peabody Institute, em Baltimore (EUA), onde recebeu aulas de Leon Fleisher e Ellen Mack, obteve o Diploma de Pós-Graduação em Piano, em 2000, e o Mestrado em Música de Câmara, em 2004.

Fez vários cursos de aperfeiçoamento com Dimitri Bashkirov, Gyorgy Sebok, Maria Tipo e Maria João Pires, entre outros. Colaborou no documentário, que se realizou em 2001 durante um workshop de Maria João Pires em Belgais. Gravou os Estudos Sinfónicos Opus 13 de Schumann para a Fundação Internacional de Vianna da Motta, a obra completa da música de câmara de António Fragoso e de Frederico de Freitas assim como as Sonatas de Hindemith para violino e piano, para a editora BrilliantClassics , o álbum Contos do Feiticeiro com obra de Pedro Teixeira da Silva, distribuído pela SonyPortugal. Em 2020 saiu uma gravação com música de câmara de Joly Braga Santos pela editora MusicaNumeris.

 Programa:

Robert Schumann Fantasia em Dó Maior, op. 17, dedicada a Liszt

Franz Liszt Sonata em Si menor, dedicada a Schumann

Clique para ver Bilhetes

Leer también

publicado 24/05/2022

Mapa

CCB - Centro Cultural de…
27/05/2022

Ciudad Online

Escolha o Idioma