Artigo já terminou no dia 15/06/2019
14/06/2019 a 15/06/2019

Feira Medieval de Coimbra 2019

Coimbra - Coimbra
Largo Sé VelhaCoimbra

Información

A Feira Medieval de Coimbra, uma das mais antiga do país, vai realizar-se já nos próximos dias 14 e 15 de junho. A cidade vai viajar no tempo, com a reconstituição da época medieval em várias iniciativas previstas para esta 27ª edição do certame, como a Ceia Medieval, na sexta-feira a partir das 19h30, no Convento São Francisco, ou o habitual mercado da época, que decorre no Largo da Sé Velha e no Quebra Costas no sábado, das 09h00 às 19h00. A organização é da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, com a colaboração da paróquia da Sé Velha, dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC) e do Município de Montemor-o-Velho. 

No sábado, o Largo da Sé Velha e o Quebra Costas vão acolher o habitual mercado medieval, que é de entrada livre, possibilitando que os visitantes viagem até essa época através do contacto com os sabores, os aromas, os ruídos, os ofícios, a animação e o modo de vestir, recriado por centenas de figurantes, coordenados pela companhia de teatro Viv’Arte, que realizará a recriação histórica. O objetivo é reproduzir o ambiente mercantil e a sociabilidade típica da época medieval, promovendo-se, em simultâneo, a diversão e o lazer que a dinâmica de animação do evento oferece aos visitantes. 

A edição deste ano, quando se cumpre 570 anos da Batalha de Alfarrobeira, tem como tema o Infante D. Pedro, Duque de Coimbra. O mercado abre às 10h00, depois da Bênção da Feira e da leitura da Carta da Feira, acompanhada pelo toque de trombetas. Já o Cortejo Régio tem início a partir das 10h30, com a entrada do Infante D. Pedro acompanhado pela Duquesa Isabel de Urgel e pelo seu séquito de embaixadores, núncios, mestres de armas, prebostes, meirinhos e alcaides. Segue-se a convocatória aos cavaleiros-vilões e a ajuramentação de vassalagem, pelas 11h00. 

O período da tarde será preenchido com várias atividades de animação, a reposição de figuras e quadros da época onde não faltarão saltimbancos, jograis e trovadores. A concretização do ambiente medieval é possível graças à colaboração de vários agentes culturais, trajados à época, que comercializarão, nas suas tendas, os seguintes produtos: aves, azeite, azeitonas, carne de porco, enchidos, cereais, frutos verdes e secos, mel, ovos, pão, peixe, sal, sopa de legumes, utensílios de madeira, tecelagem, esteiras, cestaria, joias e outros. O certame, no sábado, encerra pelas 19h00. 

Mas é já na sexta-feira que o programa arranca, com a realização da Ceia Medieval, na Sala Conventual do Convento São Francisco. A receção dos comensais tem início pelas 19h30, no salão do banquete, e a animação será assegurada, durante toda a Ceia, pela companhia de teatro Viv’Arte, que recriará o estar à mesa com o Infante D. Pedro e D. Isabel de Urgel. Jograis e trovadores, segréis, rábulas, danças medievais e intermezzos não vão faltar, assim como uma demonstração de armas e pequenos combates em interação com o público, animação circense e coreografia de soldadeiras. 

O jantar é confecionado e servido pelos SASUC, sob coordenação geral de Mauro Rodrigues e coordenação do serviço de cozinha do Chef Artur Oliveira. A participação tem um custo de 22,50€/pessoa (gratuito para crianças até aos 6 anos e de 11,25€ para crianças dos 7 aos 12 anos). Os interessados em participar na ceia devem proceder a uma inscrição, através do telefone n.º 239702630 ou presencialmente na Casa Municipal da Cultura. 

CEIA MEDIEVAL 

Primeiras Iguarias: 

Pão alvo 

Pão meado 

Queijo fresco e seco 

Marrã 

Enchidos na brasa 

Pastéis de pombinhos 

Ovos albardados 

Peixes frigidos 

Coelho abafado 

Capão assado 

Vinho branco 

Água da cisterna 

Segundas Iguarias: 

Caldo de carne ensopado 

Porco de espeto com castanhas e verças temperadas 

Vinho vermelho 

Iguarias de Mel e Frutas: 

Fruta coberta com melaço 

Vianda de leite e mel 

Perada 

Assado de maçã 

Vinho doce 


FEIRA MEDIEVAL 

09h00| Missa na Igreja da Sé Velha 

Coro Sinfónico Inês de Castro 

10h00| Bênção da Feira e leitura da Carta de Feira 

Toque de trombetas 

10h30 | Cortejo Régio | A entrada do Infante D. Pedro acompanhado pela Duquesa Isabel de Urgel e pelo seu séquito de embaixadores, núncios, mestres de armas, prebostes, meirinhos e alcaides. 

11h00 | Convocatória aos cavaleiros-vilões | Ajuramentação de vassalagem 

12h00 | Aferição dos pesos e medidas nos tendeiros, almocreves e carroças de bufarinheiros 

13h00 | D. Pedro renuncia à regência do reino e entrega todas as credenciais ao príncipe Afonso 

14h30 | Soldados procuram malfeitores | Animação Itinerante 

15h30 | As Lavadeiras e as peripécias nas tabernas| Animação itinerante 

16h30 | O Duque de Bragança sente-se afrontado por não poder atravessar o Ducado de Coimbra com os seus homens de armas 

17h30 |Juízos de malfeitores, desmandos heréticos e possessões malignas |teatralização 

18h30 |O Infante D. Pedro parte com os seus homens para os campos de Alfarrobeira 

19h00 | Encerramento dos folguedos e ronda dos aguazis 

ANIMAÇÃO PERMANENTE 

Viv’Arte (Recriações Históricas: música, dança, rábulas e estórias, mostra de armas e personagens diversos) 

Pifaradas e Zabumbadas dos Pastores de Unhais da Serra 

Dança Oriental Egípcia de Origem Medieval – Emadeldin Selim 

Saltimbancos e Malabaristas pelo Grupo de Teatro do CPT de Sobral de Ceira 

Tenda do “Barveiro” 

Tenda do “Tabelião das notas” 

Tenda do “Pergaminheiro” 

Tenda do Ourives 

Tenda das Grinaldas 

Tenda das Regueifas de Santa Maria 

Tenda das Viandas Doces 

Tenda da Santa Bebiana 

Tenda das Almoinhas 

Tenda das Viandas Abrasadas 

Tenda do “Corvo” 

Tenda das Aves de Criação 

Almocreve 

Folguedos para os infantes 

Trabalho ao vivo: tecelagem, cesteiro, esteireira e das vassouras 

PARTICIPANTES 

ADDAC-Associação Defesa e Desenvolvimento da Alta de Coimbra 

ARCO – Associação, Recreativa e Cultural de Covões 

Arte e Recreio de Condeixa-a-Nova 

Associação Herança do Passado 

Associação Volunteer CDX 

Bónus Medieval Associação de Teatro e Recriação Cultural – Bombarda 

Centro Comunitário de Inserção da Cáritas Diocesana de Coimbra 

Clube União Musical Recreativo Gatoense 

Coro Sinfónico Inês de Castro 

Grupo Cénico Amador da Portela de Tentúgal 

Grupo de Teatro de S. Frutuoso 

Grupo de Teatro de Sobral de Ceira 

Grupo Folclórico da Casa do Povo de Tentúgal 

Grupo Regional Danças e Cantares do Mondego 

Loucomotiva - Grupo de Teatro de Taveiro 

Mensagem – Grupo de Intervenção Cultural da Abrunheira 

Rancho Folclórico e Etnográfico “As Moleirinhas” de Casconha 

publicado 12/06/2019

Mapa

Experiencias para tu viaje

Tenemos varias experiencias para una visita única

ver más
Coimbra
14/06/2019 a 15/06/2019

Ciudad Online

Escolha o Idioma