Forte da Trafaria será Instituto das Artes e Tecnologias

Trafaria - Almada
TrafariaTrafaria

Información

O primeiro centro de investigação, ensino e criação artística, que combina arte e tecnologia, em Portugal, vai ficar sedeado em Almada. A instalação do Instituto das Artes e Tecnologias, no Presídio da Trafaria, vai permitir a reabilitação deste edifício histórico.

Foi esta quarta-feira, 20 de janeiro de 2021, assinada a escritura que vai permitir criar o Instituto das Artes e Tecnologias (IAT) no Forte da Trafaria e que concretiza a parceria entre a Câmara Municipal de Almada (CMA) e a Universidade NOVA de Lisboa (NOVA).

Este é o primeiro passo para a criação daquele que será um centro de ensino e investigação de excelência, na área das artes e tecnologias, e que irá impulsionar o desenvolvimento social e económico da freguesia da Trafaria, em particular, e do concelho de Almada, no geral.

Através do IAT, o antigo Presídio da Trafaria vai ser transformado numa plataforma estratégica de formação, investigação, inovação e prestação de serviços à comunidade. Será um espaço interdisciplinar que olha para a arte e para a tecnologia como meio privilegiado para intervir criativamente na sociedade, contribuindo com inovação de ponta para o seu desenvolvimento sustentável.

A assinatura desta escritura, entre a CMA e a NOVA, mesmo no atual contexto pandémico, assume-se de extrema importância e não podia ser adiada, tendo em conta o lançamento dos concursos públicos, com vista à requalificação de todo o espaço.

Oferta de ensino única em Portugal 

Para a presidente da CMA, Inês de Medeiros, «o IAT vai permitir criar uma oferta de ensino única no país, reforçando Almada como Município do saber».

A autarca almadense lembra também a importância «da reabilitação de um dos mais icónicos edifícios, respeitando e promovendo a sua memória e, assim, dinamizar toda a bela zona da Trafaria».

Já o reitor da NOVA, João Sàágua refere que «o Instituto das Artes e Tecnologias é um dos pilares da estratégia da NOVA para 2020-2030 e concretiza aquela que é a nossa missão: servir o país e a sociedade, a nível local e global, através do conhecimento e da inovação. Por isso, será um espaço aberto e inclusivo, desenvolvido com parcerias nacionais e internacionais, mas que dará especial atenção às várias comunidades locais, funcionando como ecossistema de qualificação da população e do espaço envolvente».

O IAT irá ocupar as frações A, B e C do Bloco 1 deste imóvel municipal.  

O direito de superfície durará pelo prazo de 50 anos, podendo ser renovado por períodos sucessivos de 20 anos, mediante prévio acordo entre as partes, antes do termo do contrato ou de qualquer uma das suas renovações. 

O Forte da Trafaria  

O «Forte da Trafaria» é um edifício muito relevante da história do concelho de Almada.  

Funcionou, entre 1909 e 1981, como prisão militar e, não obstante as utilizações anteriores que lhe foram dadas, é, para o Município de Almada um momento da história política recente que importa salientar e preservar. 

O Edifício das Celas será simultaneamente um centro de arte ligado aos temas que definem a sua história e um espaço de memória que permita ao público conhecer a história e vivências do edificado. 

Nesse sentido pretende-se que seja um espaço dedicado à Liberdade, Justiça, Resistência e Utopia. Dimensões que estão também muito vinculadas à história do Município de Almada. 

A requalificação do Edifício das Celas ficará a cargo da CMA e o projeto de arquitetura deverá obrigatoriamente ser desenvolvido em estreita articulação com o programa museológico e em diálogo com a comunidade e a história locais. 

Leer también

publicado 21/01/2021

Mapa

Trafaria

Ciudad Online

Escolha o Idioma