Inaugura a 5 de Janeiro pelas 17 horas no Atelier Natália Gromicho do Chiado, "Censored", uma exposição de pintura, com um conjunto de 20 obras da artista, em destaque uma das obras já varias vezes censurada “Hermafrodita”. Em 2011, Natália Gromicho criou a sua primeira exposição itinerante, a que deu o nome de “Modos de Ver”. Esta exposição colocava o observador no ponto central da exposição, fazendo dele a peça chave de todo o envolvimento das obras, sendo ele o decisor de que conteúdo deveria ou não ser retirados das obras, daí o nome da exposição. Passou por mais de 15 cidades, de norte a sul de Portugal, antes de remar a Australia, onde praticamente toda a coleção foi adquirida, excepto “Hermafrodita”, que pertence á coleção privada da artista. Pode ser vista agora no seu Atelier, durante o mês de Janeiro, a obra que foi por várias vezes censurada, seja pela imprensa e redes sociais, tal como por espaços expositivos em Portugal. Para além das obras em acervo, o Atelier Natália Gromicho vai apresentar no dia 05 de Janeiro o calendário de exposição de 2017  

A mostra está patente até 27 de Janeiro, no Atelier Natália Gromicho do Chiado.  

Natália Gromicho
estudou pintura na Faculdade de Belas Artes e na Escola ArCo, em Lisboa. Com 20 anos de carreira, assinalados em 2015, tem representado Portugal em várias mostras internacionais, colectivas bem como individuais, num total de mais de 100 exposições. A sua obra integra colecções particulares e institucionais em todo o mundo, com destaque para Portugal, Austrália, EUA, Brasil, Itália, Rússia, França, Reino Unido, Timor-Leste, Singapura e Índia. Natália Gromicho pinta em regime de “open studio”, permitindo ao público observar o trabalho em curso.