Com o apoio da Sonae e do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado abre ao público a exposição inédita do artista Hugo Canoilas denominada “Debaixo do Vulcão”. Esta iniciativa integra a segunda edição do projeto bienal SONAE / MNAC Art Cycles.

O SONAE / MNAC Art Cycles, que na primeira edição, em 2014, teve como artista convidado Daniel Blaufuks com o projeto “Toda a Memória do Mundo, Parte Um”, permite aos artistas selecionados o desenvolvimento de trabalhos que possam constituir uma resposta contemporânea das relações da realidade com a história. Esse olhar pode ser documental, poético, virtual ou visionário, mas pretende-se que possa também aprofundar a identidade que herdámos e as que pretendemos construir.

Para a segunda edição do projeto bienal, Hugo Canoilas foi o artista selecionado e durante quase um ano desenvolveu uma exposição denominada “Debaixo do Vulcão”. A exposição estará patente até 26 de março de 2017 e integra seis obras inéditas, nomeadamente quatro vídeos, uma instalação sonora e uma pintura de dimensões variáveis.

Hugo Canoilas (1977, Portugal) estudou Artes Plásticas na ESAD em Caldas da Rainha e fez um mestrado (MA) em Pintura no Royal College of Art in London. A viver e trabalhar em Viena, Áustria, as suas obras foram incluídas em projetos e exposições internacionais como a De Appel (Amesterdão, Holanda), Le Magasin (Grenoble, França), Bienal de São Paulo (Brasil), Frankfurter Kunstverein (Frankfurt, Alemanha) e Culturgest e Gulbenkian (Lisboa). As suas exposições recentes incluem, em 2016, Amo-te na Boca na Galeria Quadrado Azul em Lisboa e AV Festival em Newcastle (Reino Unido); e em 2015 I’ll devour your eyes, Galerie Andreas Hueber, Viena (Áustria); Someone a long time ago na Cooper Gallery in Dundee (Irlanda); Crocodile, Autocenter, Berlin (Alemanha); Arquipélago, Matadouro, Porto (Portugal); Ficarra Contemporary Divan, Ficarra (Itália); Dromosphere, Galleria Collicaligreggi, Catania (Itália); Destination Wien na Kunsthalle Wien (Áustria).

Patente de 25 de novembro a 26 de março de 2017