Artigo já terminou no dia 26/05/2019
24 Mai 2019 » 26 Mai 2019

Festival Aleste 2019

Funchal, vários locais - Funchal
Funchal, PortugalFunchal, vários locais
Site

Informação

O festival, que tem vindo a trazer à Madeira alguns dos mais interessantes nomes da música nacional e internacional para uma tarde de concertos que é também o melhor dia de praia do ano, vai juntar mais dois dias de actividades culturais ao seu alinhamento. Entre 24 e 26 de maio, há um arraial de coisas para ver no Aleste 2019.

Vai alargar-se a edição de Maio do Aleste deste ano. O festival, que tem vindo a trazer à Madeira alguns dos mais interessantes nomes da música nacional e internacional para uma tarde de concertos que é também o melhor dia de praia do ano, vai juntar mais dois dias de actividades culturais ao seu alinhamento. Entre 24 e 26 de Maio, há um arraial de coisas para ver no Aleste 2019.

Começa, assim, na sexta com uma procissão pelas capelas obrigatórias da bebida que é identidade local. A Poncha Puxa Poncha arranca às 18h00, no Jardim Municipal do Funchal, e segue caminho por alguns dos mais emblemáticos espaços da cidade, para culminar num concerto abençoado lá para os lados do Barreirinha Bar Café. Subirão ao palco improvisado, os embaixadores da novo hip hop nortenho, Conjunto Corona, homens mais que habituados a montar a festa em qualquer local - lembremos, a propósito, que ocuparam uma bomba de gasolina para o lançamento de Santa Rita Lifestyle, um disco que é liturgia cómica sobre o microcosmos da área metropolitana do Porto. Santa Rita Lifestyle é a glorificação de Valongo, Ermesinde, Gaia, Trofa, Santo Tirso, Gondomar, Vila do Conde e até de Rio Tinto e, com isso, uma voz incomparável do hoje da música portuguesa.

O Aleste, em formato arraial, prossegue no sábado, ainda cedo, às 15h00, para a celebração do regresso ao complexo balnear que, desde a primeira edição, tem sido a casa-mãe do festival. Para animar as hostes enquanto nos preparamos para os foguetes, selecção impressionante de conjuntos musicais. Norberto Lobo, guitarrista e uma das figuras principais da música portuguesa contempora?nea, artista independente e empi?rico, que no curso da sua carreira vai transformando o seu mundo e o de quem o ouve e acompanha. O concerto de Norberto fecha uma semana de residência do músico no Funchal, ao abrigo do Carta Branca Aleste. Mais que uma ideia, Bateu Matou é uma vontade – uma vontade de transformar o pulso do Global Bass e a forma como Lisboa se mexe numa banda de baile novo. É tão simples como isso, a força percussiva que se cria quando RIOT (Buraka Som Sistema), Ivo Costa (Batida, Sara Tavares) e Quim Albergaria (PAUS) se juntam tem um e apenas um objectivo – fazer dançar. Lena D'Água + Primeira Dama & Banda Xita, o novo espaço de encontro com o talento daquela que é um dos mais incontornáveis ícones da música nacional. Neste concerto, sobe ao palco com Manel Lourenço, o cantor e compositor que se apresenta como Primeira Dama, e com os membros do colectivo Xita Records. ZA!, grupo catalão que tem vindo a resumir tudo o que cabe na música, do jazz ao world, num diálogo de caos inexplicável e polirritmia crónica.

Espaço ainda para os muitos mundos de Selma Uamusse, ela que acaba de editar Mati, o primeiro álbum a solo que é, sem medos, um mergulho no desconhecido. Documento de uma mulher em busca pela sua africanidade, Mati vive entre as machambas de Moçambique, os clubes nocturnos europeus e a energia do rock. Continuamos no feminino, com Maria, música por vocação desde os 15 anos de idade, nome por detrás de algum do enebriante movimento de bandas nacional, de Os Passos em Volta até às Pega Monstro, editora, programadora, designer e produtora da Cafetra Records. Estreia-se, aqui, a solo.

Fechar o dia, ao som de Black, um dos principais motores da história cultural recente de Lisboa, ao volante da Filho Único, Principe Discos ou Gala Drop, a prometer composições de energia e uma onda de felicidade que se entende à distância.

A chegada a domingo, será feita a partir da mais bela vista sobre o Funchal. No terraço do Castanheiro Boutique Hotel o dia deixa o descanso para trás para assistir à luta amigável entre La Flama Blanca e Kelman Duran. Novo tropicalismo, cumbia digital, América latina e suor para purificar o que ainda estiver inteiro no corpo dos festivaleiros. A entrada para este Acorda para La Vie é gratuita, mediante apresentação de bilhete do Aleste. 

Os ingressos para o Aleste 2019 custarão vinte euros e poderão ser adquiridos brevemente na Fnac, La Vie, Barreirinha Bar Café, Museu Café.  


PROGRAMA

 24 de maio

18h00. Poncha Puxa Poncha

Ponto de encontro: Jardim Municipal do Funchal

21h00. CONJUNTO CORONA . concerto 

Local: Largo do Socorro

Acesso livre

25 de maio

Entre as 15h00 e as 02h00

SELMA UAMUSSE

LENA D'ÁGUA + PRIMEIRA DAMA & BANDA XIITA

ZA!

NORBERTO LOBO

BATEU MATOU

MARIA

BLACK

Local: Complexo Balnear da Barreirinha

Preço: €20

26 de maio

Acorda Para La Vie com LA FLAMA BLANCA & KELMAN DURAN

Local: Castanheiro Boutique Hotel

publicado 02/04/2019

Mapa

Experiências para a sua viagem

Temos várias experiências para uma visita única

ver mais
Funchal, vários locais
24 Mai 2019 » 26 Mai 2019

Cidade Online

Escolha o Idioma