Medição da qualidade do Ar em Setúbal reforçada

Setúbal
Setúbal

Informação

As informações relacionadas com a qualidade do ar e com os efeitos da poluição atmosférica na saúde humana foram reforçadas com a instalação de um conjunto de painéis informativos nas três estações de medição da qualidade do ar de Setúbal.

Os painéis que revestem, desde o final de fevereiro, o exterior das estações de medição da qualidade do ar do Quebedo, dos Arcos e da Camarinha informam, por meio de ilustrações, sobre a origem dos poluentes atmosféricos, nomeadamente as principais fontes de poluição e as transformações possíveis na atmosfera.

As estruturas, concebidas e instaladas pela Câmara Municipal de Setúbal, contêm mapas com a localização das três estações de monitorização da qualidade do ar instaladas no concelho.

A intervenção gráfica, em que as cores azul e verde se destacam, permitem ainda aos munícipes perceberem quais os impactes da poluição atmosférica na saúde humana.

Hábitos diários que melhoram a qualidade do ar, como a utilização dos transportes públicos, a realização de pequenas deslocações a pé ou de bicicleta, a limitação do uso do automóvel ao estritamente necessário e a aposta na mobilidade elétrica e partilhada, são outro dos conteúdos que integram os painéis.

As três estações de medição da qualidade do ar, instaladas no Jardim do Quebedo, na Escola Básica dos Arcos e na Escola Secundária D. João II, com gestão da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, estão equipadas com analisadores automáticos que monitorizam, em tempo real e contínuo, a concentração dos principais poluentes atmosféricos.

A estação da Camarinha, localizada na D. João II, neste momento com os equipamentos em manutenção por parte da CCDR-LVT, é reativada em breve.

Os dados produzidos são recolhidos para um sistema remoto de software, gerido pela APA – Agência Portuguesa do Ambiente, e disponibilizados na página da QualAr – Base de Dados Online da Qualidade do Ar, acessível AQUI.

Aliado a este portal, a APA desenvolveu a campanha nacional “Por um País com Bom Ar”, à qual o município de Setúbal aderiu com a criação de uma página exclusivamente dedicada a este projeto no site “Setúbal em Bom Ambiente”.

Esta campanha está alinhada com o compromisso assumido pela Câmara Municipal de Setúbal na defesa da qualidade e sustentabilidade ambiental do concelho, onde se insere a defesa da qualidade do ar através da divulgação de informação, sensibilização e incentivo das boas práticas.

Em Setúbal os poluentes monitorizados são, sobretudo, poluentes primários, emitidos diretamente para a atmosfera, como óxidos de azoto (NOx), incluindo monóxido de azoto (NO) e dióxido de azoto (NO2), monóxido de carbono (CO), dióxido de enxofre (SO2), benzeno (C6H6) e partículas inaláveis (PM10).

O índice de qualidade do ar permite, de uma forma fácil e compreensível, conhecer o estado da qualidade do ar e, face aos resultados, adequar comportamentos e ações no sentido da proteção da saúde humana.

Estas medidas são especialmente importantes nos grupos mais vulneráveis da população, cuja capacidade respiratória se encontra em formação ou debilitada, como é o caso das crianças, dos idosos e dos doentes asmáticos.

A constante recolha de dados permite alertar a população quando há episódios de poluição atmosférica e projetar medidas que a longo prazo promovam uma melhoria da qualidade do ar.

Leia Também

publicado 02/03/2021

Mapa

Cidade Online

Escolha o Idioma