Miguel Pisco arrasa eleições no Estoril-Praia

Cascais

Miguel Pisco arrasa eleições no Estoril-Praia

Miguel Pisco estava ontem à noite «satisfeito e preocupado», mas não surpreendido com os resultados da eleição que o coloca na presidência do Grupo Desportivo Estoril-Praia. Com 21 dos sócios a votar, uma afluência rara no Estoril, a Lista A de Pisco colheu 79 por cento dos votos, contra os 21 por cento de António Figueiredo. Ao anúncio dos resultados assistiram os líderes das duas listas e algumas dezenas de sócios, ao final da noite de ontem.

«Eu já estava à espera disto», confessou Pisco ao GUIA DA CIDADE, numa reacção ao resultado eleitoral. A campanha foi quente, marcada por trocas de acusações e ofensas de parte a parte. Isso não desmotivou os sócios. «No Estoril nunca vi tanta gente votar», registou Pisco, acrescentando que isso dá-lhe «um ânimo muito forte». Agora, diz o candidato eleito, «o que me preocupa é tentar resolver os problemas do clube».

Do lado de António Figueiredo, era visível a desilusão com os resultados. Em declarações ao GUIA DA CIDADE, o candidato derrotado, que é também administrador da SAD do clube, deu «os parabéns ao presidente eleito», mas não escondeu a sua mágoa com o que diz terem sido as ofensas da campanha. «Situações deste tipo eu considero abjectas», desabafou.

Figueiredo pondera até processar a campanha vencedora por ofensas e difamação. O assunto já está com os seus advogados. Entretanto, promete manter uma «vigilância activa» sobre os destinos do clube. Nada disso incomoda o presidente cessante. Após dez anos à frente do Estoril-Praia, Nunes de Carvalho diz que «o clube fica muito bem entregue» nas mãos da lista que ele próprio apoiou.

entire

Miguel Pisco arrasa eleições no Estoril-Praia

Cascais (Concelho)

Comentários

Reservas com as melhores tarifas