Na celebração dos 20 anos do Útero, Miguel Moreira traz à Sala Garrett o seu olhar sobre O duelo de Bernardo Santareno. 

Em cena, sete intérpretes e cocriadores "cospem” palavras, acompanhados pela música de Pedro Carneiro. Os seus corpos, oprimidos, tentam libertar-se. Vocábulos e vidas saem deles à procura de outros lugares. A animalidade de quem convive com os touros é ligada à dificuldade de estabelecer relações. Neste duelo, não há receio em acentuar os elementos rurais que, hoje, julgamos terem desaparecido. Permanecem traços de um outro tempo. Um tempo onde corpos, cheios de instintos primários, tentam sonhar outra vida.

2 - 19 fev qua, 19h
qui – sáb, 21h
dom, 16h