Os Sabores da Mulher de Capote

Ribeira Grande - Lagoa (São Miguel)
Rua do Berquó nº12Ribeira Grande Telef: 296 472 831
Site Clique para e-mail

Informação

A Fábrica “Mulher de Capote” foi fundada em 1996 e desde então tem-se dedicado ao fabrico de licores caseiros, representando hoje em dia uma das maiores indústrias do ramo, premiada já com cinco medalhas de ouro.

Ao visitá-la podemos ver os diversos processos de fabrico, desde o plantio da fruta até à sua pesagem, lavagem, corte, maceração, preparação do licor, envelhecimento - durante um período de cerca de dois anos - filtragem, engarrafamento e rotulagem.

Continuando o passeio temos oportunidade de provar os vários licores ali confeccionados, a saber: o famoso Licor de Maracujá, o mais conhecido na nossa região mas também nos EUA e no Canadá; licores de Ananás, Amora, Banana, assim como o Brandy de Maracujá, que é feito da mistura de licor de maracujá com brandy caseiro. Mas há também o muito apreciado Vinho Abafado e o Licor de Anis.

Entre os licores mais recentes e que também podemos saborear temos o “Cappuccino”, à base de natas, denominado “Queen of the Island”, e ainda a aguardente “Velhíssima”.

Ao percorrer-se a exposição e a prova de licores nota-se algo característico daquela estrutura: as garrafas figurativas, que fazem alusão aos monumentos, figuras, trajes e festividades da nossa região e que formam um painel multicolor, que dá vida a uma sala cheia de pipas em casco de carvalho. Estas garrafas representam a “Mulher de Capote”, que dá nome à fábrica, “O Homem de Capote”, o “Emigrante”, a “Torre da Matriz” de Ponta Delgada, o “Farol” o “Milhafre”, as “Cavalhadas”, entre outras.

Durante o percurso podem ainda ver-se vários produtos da marca “Ezequiel”, da empresa Ezequiel Moreira da Silva & Filhos, adquirida no ano 2001 pela “Mulher de Capote” e que produz licores de Ananás, Amora e Lima.

Mapa

Experiências para a sua viagem

Temos várias experiências para uma visita única

ver mais
Ribeira Grande

Cidade Online

Escolha o Idioma