Artigo já terminou no dia 17/04/2019
25 Mar 2019 » 17 Abr 2019

“Otros Mundos II” exposição de Silvia Zang

Casino Lisboa - Lisboa
Parque das NaçõesCasino Lisboa

Informação

O Casino Lisboa inaugura, na próxima segunda-feira, dia 25 de março, às 19 horas, a exposição de Pintura “Otros Mundos II” da autoria de Silvia Zang. Trata-se de uma original mostra individual, de 25 obras, que poderá ser observada na Galeria de Arte, localizada na área circundante ao Arena Lounge. A cerimónia terá um momento musical de Daniel Schvetz: Compositor e Pianista Luso-Argentino. A entrada é livre.

Numa exposição intimista, que reúne uma coleção de pinturas de Silvia Zang, entregam-nos imediatamente aos seus trabalhos que são evocativos das obras-primas chinesas. As suas composições típicas são fortalecidas com riqueza de cores e técnicas e a sua capacidade de criar uma narrativa com formas e configurações que atraem o espectador.

As obras de Silvia mostram um claro fascínio pela paisagem e pelos elementos naturais que a rodeiam, mas, ao mesmo tempo, o que é onipresente nas paisagens típicas da pintura da tinta chinesa e japonesa é cruzado com formas abstratas que criam uma fusão dentro da composição. A meu ver é essa soupçon contemporânea que define o seu trabalho e a coloca claramente ao mesmo nível de outros artistas da “contemporary ink”.

Esta mostra de vinte e cinco obras é apresentado aqui com o objetivo de acentuar o talento do artista e convidar o público, seja ele leigo ou especialista, a contemplar e refletir sobre as obras diante deles.

Curadora - Ana Maria Catarino Doria

Notas biográficas de Silvia Zang
Natural de Posadas, na Argentina, Silvia Zang reside, há cerca de 30 anos, em Portugal. Foi, ainda, na Argentina que realizou, em 1978, estudos de Desenho Publicitário no atelier do Prof. Luis Pereira e, posteriormente, em 1980, estudos de Desenho e Pintura na Escola de Arte Prof. Luisa Manasero. Seguiram-se, em 1982, o Atelier do Escultor Aurelio Machi – Desenho e o Instituto Dharma - Pintura Chinesa do Prof. Wang. Em 2012, Silvia Zang ingressou no Atelier de Prof. António - Sem Pintura; seguindo-se, em 2013, a Fundação Oriente-Museu introdução a Caligrafia Chinesa, Prof. Zhang Weimin; introdução a caligrafia Japonesa, Prof. Osvaldo Andrade; e Curso de Pintura Chinesa, Prof Mario S Ming Kon. 

Há mais de duas décadas que Silvia Zang realiza exposições individuais e participa em exposições colectivas, tendo sido distinguida com diversos Prémios. São de realçar, em 2002, o 1º prémio Montepio, Junta de Freguesia de Alcabideche; em 2017, o 1º prémio “ Encontro Oriente Ocidente” UNITYGATE no Casino de Lisboa; e em 2018, a Menção honrosa, “ Encontro Oriente Ocidente, UNITYGATE no Casino de Lisboa.
 
Elementos, referências, recursos
Após mais de 20 anos produzindo obras utilizando a tela tradicional, o acrílico e o óleo, de forma lenta e gradual, o Kami (papel de arroz), Sumi (tinta da China), Suzuri (o tinteiro para a preparação da tinta), os Fude (os pinceis Japoneses e Chineses) acabaram por substituir tais materiais e técnicas a eles associadas. Tal mudança de técnica e recursos acabaram por resultar associados a dois caminhos paralelos: aquele ligado ao reflexo de paisagens, elementos da natureza ( bambues, flores, pedras, precipícios, céus), -pinturas tradicionais Chinesa e Japonesa- , e um outro já mais pessoal, um certo tipo de abstração em que as referências reconhecíveis aparecem filtradas dentro de universos variados ,insondáveis, infinitos.

Notas Biográficas da curadora Ana Maria Catarino Doria
Ana Maria Catarino Doria é licenciada em arqueologia pela Universidade de Londres (University College of London). Tem uma vasta experiência nas áreas de museologia e curadoria, tendo trabalhado no Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque e no Departamento de Informação Pública das Nações Unidas, também em Nova Iorque. Foi Vice-Directora do Museu de Macau durante uma década e, presentemente, é responsável pela Galeria de Arte e Animação Cultural do Casino Lisboa, tendo sido curadora de mais de 80 exposições.

Esta mostra individual estará patente ao público, entre as 15 e as 3 horas da madrugada, excepto às sextas-feiras, sábados e vésperas de feriados, cujo horário será das 16 às 4 horas da madrugada. O acesso ao Casino Lisboa é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de jogo é para maiores de 18 anos. 
publicado 21/03/2019

Mapa

Experiências para a sua viagem

Temos várias experiências para uma visita única

ver mais

Cidade Online

Escolha o Idioma