Sintra aprova protocolo para criação de Área Marinha Protegida

Sintra
Av. Alfredo Coelho 57, 2705-334 Colares, Portugal

Informação

A Câmara Municipal de Sintra aprovou, em reunião de executivo, o projeto para a criação de uma Área Marinha Protegida (AMP), através de um protocolo com a Fundação Oceano Azul e os Municípios de Cascais e Mafra.

Com este protocolo pretende-se fomentar a criação de uma Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário (AMPIC), efetuando a avaliação de interesse e identificação de valores naturais e promovendo a realização de estudos de base e suporte, de forma a preparar e implementar o processo participativo.

A região marinha do Município de Sintra, em conjunto com os Municípios de Mafra e Cascais, apresenta um enorme valor natural em toda a zona costeira e encerra valores naturais marinhos de grande interesse.

Para o presidente da autarquia, Basílio Horta, “é importante aprofundar o conhecimento científico sobre os valores, as atividades socioeconómicas e os mecanismos de proteção dessas áreas, pelo que este não pode deixar de ser um objetivo que se coloca até a nível nacional.”

De acordo com a Estratégia da U.E. para a Biodiversidade, pelo menos 30? área terrestre e 30? área marinha da União Europeia deveria ser protegida, até ao ano de 2030 o que representa um aumento de 19? área marinha a proteger.

Neste momento em Portugal existem 71 Áreas Marinhas Protegidas, o que corresponde a apenas 1% do mar nacional.

Leia Também

publicado 27/07/2021

Mapa

Cidade Online

Escolha o Idioma