Coimbra

Coimbra

guia para visitar o concelho

Coimbra

Coimbra, cidade sede de concelho e distrito, e principal cidade do Centro de Portugal, é uma das mais históricas localidades do País, dona de um património riquíssima, banhada pelo notável rio Mondego.
A presença humana nesta região abençoada pela natureza, com a mais valia de um Mondego navegável, vem de tempos remotos, tendo sido ocupada pelos Celtas, e culturalmente transformada pelos Romanos. Visigodos, entre 586 e 640 deixaram igualmente a sua marca, passando para o domínio Muçulmano em 711. A reconquista definitiva dá-se em 1064, pelas tropas de Fernando Magno, e já em 1139, o Rei D. Afonso Henriques faz de Coimbra a capital do Reino, estatuto que conserva até 1260.
Coimbra foi, também, um importante entreposto comercial, sendo que a maioria das trocas comerciais se processava pelo rio Mondego, que permitia uma ligação privilegiada ao porto de mar da Figueira da Foz.
A Universidade de Coimbra foi outro dos grandes marcos culturais e de desenvolvimento da cidade, tendo existindo entre 1309 e 1336, depois entre 1354 a 1377, passando nos intermédios para Lisboa. Em 1537, D. João III instalou definitivamente os Estudos Gerais (universidade) em Coimbra.
A primeira metade do séc. XIX foi um período particularmente penoso para Coimbra, com as invasões francesas e as lutas liberas. Só na segunda metade do século, Coimbra conhece o progresso com a introdução do telégrafo eléctrico e a inauguração do caminho-de-ferro.
Com uma história tão rica, denotando a importância desta cidade a nível nacional, Coimbra é dona de um esplêndido Património, que importa conhecer, cunhando a própria nacionalidade e consciência Portuguesa.
Monumentos como a Sé Velha e as Igrejas de São Tiago, São Salvador e Santa Cruz (com os túmulos dos primeiros reis de Portugal) retrocedem aos inícios da nação Portuguesa. Muitos outros monumentos são de realçar em Coimbra, como os bonitos conventos de Santa-Clara-a-Velha e Santa-Clara-a-Nova (onde D. Inês de Castro terá sido apunhalada até à morte), a Igreja de Santo António dos Olivais, o Mosteiro de Celas, o Jardim (ou Claustro) da Manga ou a Sé Nova de Coimbra.
Coimbra possui igualmente bonitos e aprazíveis espaços verdes e ajardinados, como o Parque Verde do Mondego, o do Largo da Portagem, o Parque Dr. Manuel Braga, o Jardim Penedo da Saudade, o Parque do Vale das Flores ou o Parque de Santa Cruz.
Definitivamente a não perder é o espaço da Universidade de Coimbra, com o seu Museu de Arte Sacra, a deslumbrante Capela de São Miguel e a fantástica Biblioteca Joanina (magnífica construção do século XVIII, em talha dourada e madeiras exóticas e com 300 mil volumes) e o espaço do bonito Jardim Botânico. A tradição académica de Coimbra, com as animação das afamadas repúblicas, presente também nos bares e festas da cidade antiga, bem como o típico Fado prevalecem até aos dias de hoje com a mesma força cultural de outrora.
Mantendo firme a vontade de preservação de todo este magnífico património, Coimbra oferece importantes espaços museológicos, com especial destaque para o Museu nacional de Machado de Castro, instalado no antigo Paço Episcopal da cidade e considerado mesmo um dos mais importantes museus do País.
Reservas
O Alojamento que procura está aqui!

Explorar Coimbra

sugestões para visitar no concelho

Locais que pode visitar

pontos de interesse no concelho

Agenda e Lazer

Algumas sugestões para o seu lazer

ver mais

Onde Comer

Temos várias sugestões no concelho de Coimbra onde poderá ter uma experiência gastronómica

ver mais

Onde Dormir

Depois de passear por lugares fantásticos em Coimbra, nada melhor que um merecido descanso...

ver mais

Outros Concelhos

Regiões de Portugal

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?

Encontre aqui o Alojamento ideal para si!

Cidade Online

Escolha o Idioma