10.0

Situado no extremo sudoeste do País, em Sagres, foi outrora apelidado de “Promontório Sacro” pelo povo romano, dedicado ao Deus Saturno, onde se afirmava que este era um lugar dos Deuses, só visitável durante o dia pois à noite era propriedade divina.
Com uma paisagem indescritível onde a terra com os seus rochedos corta o mar infinito, o Cabo de São Vicente é imagem do sentimento descobridor Português, onde é mesmo possível observar a passagem dos navios que navegam entre o Mar Mediterrâneo e o norte da Europa.

No antigo convento do cabo de S. Vicente, que foi na sua origem um convento franciscano, o Convento do Corvo, onde já os monges acenderiam fogueiras para avisos de fumo às embarcações, está hoje incorporado um Farol já com tecnologia do século XX, que substitui um outro do século XVI.

A Fortaleza do Cabo de São Vicente, construída no século XVI, com reedificações nos séculos XVII e XVIII, é um local com uma mística especial sendo que até os romanos já lhe chamavam de Lugum Cineticum: o lugar onde o sol era cem vezes maior que até fazia ferver o mar.
A Fortaleza do Cabo de São Vicente está classificada como Imóvel de Interesse Público.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!