Calçadinha de São Brás de Alportel

7.7

A chamada “Calçadinha” de São Brás de Alportel, na região Algarvia, seria outrora uma via que integraria a importante rede viária Romana, partindo de Ossonoba (Faro) para Norte, em direcção a Pax Júlia (Beja).

Hoje em dia restam conservados dois troços da via numa extensão total de 1.480 metros, separados entre si por alguns metros outrora pavimentados, mas hoje danificados. A via encontrar-se-ia calcetada de modo a vencer os obstáculos naturais, em zonas de declive acentuado com solos de difícil trânsito e irregulares, muitas vezes agravados com as mais diversas intempéries.

Nos arredores da calçadinha foram encontrados alguns vestígios arqueológicos do período de ocupação Romana da região, datados entre finais do século I ao século IV ou V d.C., que são atribuídos a uma estação viária para paragens de descanso e trocas de bens ou cavalaria durante as longas viagens.

Para uma melhor compreensão e divulgação da importância deste bem histórico e patrimonial, foi criado o Centro Explicativo e de Acolhimento da Calçadinha de São Brás de Alportel.
O Centro, que visa não só promover a “Calçadinha”, mas todo o património arqueológico da região de São Brás de Alportel, conta com uma sala de exposição permanente sobre a Calçadinha, uma sala polivalente para exposições temáticas, um espaço de estudo e investigação e um gabinete técnico, contando no exterior com uma aprazível área verde de lazer e um espaço reservado à realização das mais diversas actividades.

A Calçadinha constitui também um agradável percurso pedestre, com cerca de 5km de extensão. Para aceder ao percurso pode-se partir próximo da Igreja no centro histórico a cerca de 700 metros de distância da calçadinha propriamente dita e embrenhar pelos caminhos da história.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!