8.2

A Camacha é uma pitoresca vila do concelho de Santa Cruz, situada no interior da Ilha da Madeira, a mais de 700 metros de altura, sendo famosa pelas suas tradições e folclore, que perduram graciosamente até aos dias de hoje.

A vila situa-se numa zona da típica serrania Madeirense, por entre montes e vales, que lhe têm toldado o estilo de vida desde o início, rodeada de pequenas aldeias e lugares ou sítios e locais de grande valor natural como o Poiso e o Montado do Pereiro.

Desde os tempos de colonização que estas terras férteis ditaram a forte feição agrícola da região, que tem sido mantida até hoje, sendo ainda visíveis as várias Quintas da região, e os muitos legados rurais, como moinhos, as levadas, fontes, pontes entre tantos outros.

A Camacha é por muitos considerada como a capital cultural da Madeira, por manter viva as suas antigas tradições, nomeadamente no que toca aos coloridos e animados Grupos Folclóricos e Etnográficos, com todas as suas danças, saberes e cantares, e ao muito conceituado Artesanato, especializado nos mais variados objectos em vime, e nos bordados regionais.
A indústria de Vimes tem lugar sobretudo na vertente norte da Camacha, onde as capacidades agrícolas são bem menores. As oficinas dos artesãos situam-se ainda hoje, normalmente, junto às casas de habitação destes, onde se produzem objectos e peças que constituem hoje em dia uma imagem da própria Ilha da Madeira.

Camacha orgulha-se do seu património construído, com monumentos como as Igrejas Matriz, Nova e do Rochão ou a Capela de São José, mas também do seu encantador património natural, como pode ser observado nas agradáveis Levadas da Serra do Faial ou na dos Tornos.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!