8.2

Loulé foi ocupada por povos desde a pré-história, a ocupação romana também está documentada, passando também pelo domínio árabe, de cuja fortificação que ainda resta a torre albarrã.

D. Afonso III, em 1249, auxiliado por cavaleiros da Ordem de Santiago, conquistaram este castelo, que foi entregue a esta ordem. Nos séculos seguintes esta fortificação foi-se degradando.

Na época dos descobrimentos, com o crescimento do comércio, que esta região podia abastecer com vinho, frutas e azeite, foi recuperado, pela mão do primeiro conde de Loulé, D. Henrique de Meneses.

Já muito degradado, o castelo sofreu um rude golpe com o terramoto de 1755, a que se seguiu a ocupação das áreas das muralhas, com casas de habitação. Classificado como Monumento Nacional, o que resta foi restaurado e actualmente funcionam no interior do castelo, o museu arqueológico e a biblioteca municipal.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!