Castelo de Montemor-o-Novo

5.5

O Castelo de Montemor-o-Novo, edificado no monte mais elevado da região, assenta provavelmente no lugar de um antigo castro pré-histórico, com posterior ocupação romana e árabe.

 

Na época da reconquista cristã, coube ao rei D. Sancho I, a sua passagem para a posse portuguesa, para no reinado de D, Dinis, por volta de 1365, se proceder a grandes melhorias nas defesas.

 

Montemor-o-novo, que pertenceu a D. Nuno Álvares Pereira, conheceu anos de muita prosperidade, a partir do século XV, devido ao facto de Évora ser residência dos reis, por largos períodos, o que incentivava o comércio em a toda a região.  

 

O terramoto de 1755, causou bastantes danos no castelo, que viria a necessitar de obras de reparação. Depois de ter resistido aos ataques durante as invasões francesas, foi progressivamente abandonado, acelerando-se o estado de ruína ao longo do século XX.

 

Actualmente o castelo conserva o lanço principal da muralha, protegida por onze torreões cilíndricos e as ruínas da alcáçova, ou Paço dos Alcaides, uma construção de inícios do século XIII.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!