Convento de São Bento da Ordem de Avis

Avis

Convento de São Bento da Ordem de Avis

Avis (Concelho)

Descrição

Grande orgulho Patrimonial da bonita vila de Avis, na vasta região Alentejana, o Convento da Ordem de Avis, ou Mosteiro de São Bento de Avis, alberga em si uma rica história, sede da importante Ordem de São Bento.

O território de Avis foi doado pelo rei D. Afonso II, em 1211, à Milícia dos Freires de Évora, fundada em 1175, e posteriormente transformada em Ordem de São Bento, que aqui construiu o seu castelo e povoou o que viria a ser Avis.
A sede da Ordem foi transferida para Avis entre 1214 e 1223, construindo primeiramente ainda em inícios do século XIII o Castelo e o conjunto conventual que a albergou, dando origens posteriormente a uma das mais brilhantes dinastias Portuguesas, a de Avis, iniciada pelo rei D. João I, Mestre de Avis.
A Ordem usufruía, então, de um grande poder secular e religioso na vila, não tendo sido permitida a instalação de qualquer outra entidade religiosa na região.

O conjunto conventual era composto pela igreja, à volta da qual foram construídas a sacristia, o claustro e a antiga residência dos mestres da Ordem de Avis, de um lado, e do lado oposto, a hospedaria, o dormitório e o pátio das cisternas. Hoje em dia, são apenas visíveis a Igreja, o claustro, a Cisterna, a Sala do Capítulo que alberga o interessante Museu Municipal de Avis e o Refeitório.

A Igreja foi reconstruída no início do século XVII, de acordo com o projecto de Baltazar Álvares, que a transformou numa Igreja-Salão. Por esta altura foram também aumentadas as dependências conventuais.
Posteriormente, no final do século XVII, foi reconstruída a capela-mor.

Hoje em dia, devido às alterações que se denotaram desde o século XVII, mas também ao abandono, venda e desmembramento de diversas partes do conjunto conventual, restam somente partes do que teria sido outrora a sede de uma das ordens militares mais poderosas do País. Não obstante, vale a pena conhecer parte tão importante do Património Português e da Região Alentejana.

Comentários

Reservas com as melhores tarifas
Tags Relacionadas
conventosigrejasordemsaobentoavisdinastia