0.0

O distrito de Évora situa-se no Sul de Portugal, no coração do Alentejo Central. A sua geografia física é bastante uniforme, com a planície a dominar a paisagem quase por completo, entrecortada apenas pelo vale do Guadiana, com especial destaque na região de Alqueva, onde o vale chega a ter mais de 100 m de profundidade relativamente aos terrenos circundantes. Por esse motivo, foi a localização escolhida para a Barragem de Alqueva que, quando estiver completamente cheia, irá gerar o maior lago artificial da Europa.
Na cidade de Évora, vários monumentos e lugares importantes merecem uma visita, nomeadamente o Templo Romano, a Sé, a Biblioteca Pública, inúmeras igrejas, a Capela dos Ossos, o Palácio de D. Manuel, a Praça do Giraldo, entre outros.
A parte entre muralhas conserva bastantes traços dos seus tempos mais antigos, incluindo monumentos de várias épocas. Por este motivo, o centro histórico de Évora faz parte da lista da UNESCO das cidades património mundial.
Fora da cidade, multiplicam-se as pequenas vilas alentejanas, cuja beleza obriga a visitar. São bons exemplos Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Redondo, Monsaraz e Vila Viçosa.
A excelente gastronomia alentejana torna este local único. A cozinha tradicional tem por base a carne de porco e de borrego, azeite, o pão e as ervas aromáticas dos campos e das ribeiras que tornam rica a cozinha popular, e dão vida à açorda, ao ensopada de borrego, à sopa de cação e aos pratos de caça. Ao lado desta, a tradição conventual, e a sua doçaria à base de ovos, amêndoas e gila - pão de rala, encharcadas, barrigas de freira.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!