Fortaleza de São João Baptista

7.8

A Fortaleza, ou Castelo de São João Baptista é um dos marcos da maravilhosa cidade, Património da Humanidade, de Angra do Heroísmo, capital da fabulosa Ilha Terceira, Arquipélago dos Açores.

Este monumento militar de grandes dimensões está situado no Monte Brasil, um antigo vulcão extinto, formando uma península na costa sul da cidade de Angra do Heroísmo, e duas bonitas baías (a de Angra e do Fanal), e seria parte dominante de um conjunto de fortificações que visavam a protecção da já importante localidade de Angra do Heroísmo.
Construídas durante o período de domínio Espanhol do território, a Dinastia Filipina (1580-1640), tinham por objecto a protecção costeira dos agressivos ataques e pilhagens por parte de Piratas e Corsários, e também o aquartelamento das tropas Espanholas. Angra do Heroísmo era também muito importante devido ao seu posicionamento geográfico estratégico, passando por aqui muitas das Rotas primordiais de comércio transcontinental.

A construção da Fortaleza iniciou-se em 1593, em pleno período de domínio Espanhol, denominada então Fortaleza de São Filipe. No contexto da Restauração da Independência Portuguesa, em 1640, aguentaram-se estoicamente as tropas Espanholas nesta Fortaleza durante onze meses, levando aquando da sua partida, diversas peças de artilharia, que lhes foram concedidas. De volta ao domínio Português, a Fortaleza é então dedicada a São João Baptista.
A Fortaleza ficou também conhecida por, já no século XX, no período do Estado Novo, ter servido como prisão política.

A Fortaleza de São João Baptista compreende cerca de 4 km de muralhas defensivas, envolvendo o próprio Monte Brasil, albergando no seu interior a Igreja de São João Baptista, a Capela de Santa Catarina e o Palácio dos Governadores, naquela que é considerada a maior fortaleza construída pela Espanha em todo o mundo.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!