Igreja da Santissima Trindade

9.0

A Igreja da Santíssima Trindade, ou como é mais conhecida, a "Nova Basílica" de Fátima, da autoria do arquitecto grego Alexandros Tombazis, tem apelos a uma mística contemplativa, é um local muito amplo, que alberga cerca de 5000 pessoas, sem nenhum pilar no meio do espaço de visibilidade, e tem uma imensidão que também funciona como sinal espiritual.

Debaixo da Igreja existem algumas capelas, onde os grupos de peregrinos podem recorrer ao Sacramento da Reconciliação e recolher-se em oração... a Capela da Morte de Jesus, a Capela da Ressurreição e a Capela do Santissimo Sacramento.

O edifício tem doze portas laterais dedicadas aos Apóstolos, em bronze, e a porta central, de 64 metros quadrados, que representa Cristo. A Cruz Alta encontra-se na parte de fora, estrutura concebida pelo escultor alemão Robert Schad, com 34 metros de altura e 17 de largura. No altar da Igreja da Santíssima Trindade encontra-se um crucifixo de 7,5 metros, da autoria da irlandesa Catherine Green.

Uma das peças com maior impacto é a parede de fundo do altar, com mais de 500 metros quadrados, que inclui vários desenhos de inspiração ortodoxa sobre folha de ouro em relevo da autoria do esloveno Marko Ivan Rupnik.

Na parte de baixo encontra-se um corredor com cerca de 150 metros de comprimento e cinco de largura, da autoria do arquitecto Siza Vieira, representando a vida dos apóstolos Pedro e Paulo.

Outros artistas de renome internacional e de vários países foram incumbidos de realizar outras peças. Desta selecção de artistas plásticos resultou a encomenda ao artista Pedro Calapez dos painéis superiores laterais em bronze, colocados na entrada principal, enquanto os painéis inferiores, em vidro, resultaram do virtuosismo do canadiano Joe Kelly.

É a quarta maior igreja do Mundo.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!