Igreja de Nossa Senhora da Natividade de Escamarão

0.0

A Igreja de Escamarão, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1950, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico.
Esta Igreja enquadra-se no conjunto de templos edificados segundo os modelos do chamado gótico rural. Apesar do aspeto maciço das suas paredes, rasgadas por estreitas frestas, os portais não têm colunas nem tímpanos e as suas arquivoltas assentam diretamente sobre os pés direitos. Destaca-se na cabeceira a janela já de expressão gótica, embora decorada com motivos de pérolas de cariz românico.
Por outro lado, a inscrição que se encontra ao lado do portal principal (1358) poderá assinalar o ano de conclusão desta obra, subsidiária do poderoso Mosteiro de Alpendorada (Marco de Canaveses).
Todavia, o interior foi profundamente alterado a partir do século XIV, sendo resultado das transformações que advieram do período da Reforma Católica, nomeadamente pela introdução do gosto barroco, estilo em que se enquadra o retábulo-mor [altar principal]. Este ostenta, ainda, ao centro do remate, as armas da ordem beneditina, símbolo da presença de Alpendorada em Escamarão.
Do século XVI seria uma pintura mural existente na nave desta Igreja (eliminada no princípio do século XX) e os frontais azulejares dos altares colaterais da nave, de estilo mudéjar, cujo padrão é conhecido por “tapete”.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!