Igreja de Santa Luzia

6.8

A Igreja de Santa Luzia situa-se num local de grande beleza, bem no miradouro de onde se tem uma vista privilegiada sobre o mais típico bairro de Lisboa: Alfama.

As origens da Igreja remontam aos primórdios da nacionalidade Portuguesa, tendo no reinado de D. Afonso Henriques sido construída pelos cavaleiros da Ordem de Malta, dedicada a São Brás, com funções defensivas, uma vez que estava sita junto à cerca moura, a oriente da cidade.
O edifício actual, construído sobre a anterior edificação, data do século XVIII, com alterações após a destruição causada pelo grande terramoto de 1755.
A Igreja esteve encerrada durante largo período, servindo de valência à Câmara Municipal, reabrindo como local de culto apenas em 1999.

O templo caracteriza-se pela sua planta em cruz latina e uma só nave, distribuindo-se pela capela-mor, pelo transepto e pela nave, dez sepulturas em forma de lápides e monumentos funerários, classificados como Monumento Nacional.
De destacar são os dois painéis da Fábrica Viúva de Lamego, representando Lisboa com cenas da tomada de Lisboa aos Mouros e outro da Praça do Comércio antes do grande terramoto.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!