Igreja de Santa Maria de Sobretâmega

0.0

A Igreja de Santa Maria de Sobretâmega, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1971, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico.   Edificada na margem direita do Tâmega, à entrada da desaparecida ponte de Canaveses, a Igreja de Sobretâmega é de fundação posterior a 1320 e parece substituir um outro templo, cujo orago era São Pedro. Deve ser entendida neste contexto e na sua íntima relação com a Igreja de São Nicolau de Canaveses, na outra margem, tão próxima e com estrutura muito semelhante. Os seus portais atestam a cronologia tardia pela ausência de colunas e capitéis. No portal principal apenas as mísulas [pedras salientes de apoio] ornadas com pérolas evidenciam a permanência de um motivo românico com grande acolhimento nas bacias do Tâmega e Douro. Este portal estaria resguardado por um alpendre [cobertura anexa] como revelam as mísulas subsistentes. O campanário ergue-se isolado a norte da cabeceira. De modestas dimensões, sofreu alterações profundas na Época Moderna, nomeadamente ao nível do arranjo do arco triunfal. Caiado a branco, o interior acolhe, na capela-mor, um retábulo de talha dourada de estilo nacional. De referir, ainda, a imagem em calcário dedicada à padroeira, que representa o culto mariano instituído neste templo desde o século XIV.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!