Igreja de São Roque

8.1

A legendária Igreja de São Roque situa-se em pleno Bairro Alto, no Largo Trindade Coelho, também conhecido por Largo da Santa Casa, em pleno centro histórico da cosmopolita Lisboa.

A Igreja começou a ser construída em 1506, junto a um cemitério onde eram enterrados os que morriam de peste, situado já fora das muralhas da cidade, e dedicada a São Roque, protector da peste.
Aqui se institui a Irmandade de São Roque, com estatutos próprios, e em 1553 instala-se a Companhia de Jesus que edifica sobre a construção anterior a estrutura visível hoje em dia, mantendo a Capela de São Roque no interior.
Em 1768, a Companhia de Jesus é expulsa do território Português, ficando a Igreja de São Roque e os respectivos bens então entregues à Misericórdia de Lisboa, estando hoje em dia expostos no Museu de Arte Sacra de São Roque, ao lado da Igreja.

A Igreja, de acordo com a tipologia jesuíta apresenta uma fachada sóbria e austera, e um amplo e rico espaço interior, Maneirista, composto por oito capelas, agrupadas quatro a quatro, profusamente decorada a talha dourada e mármore, dada a protecção do magnânime Rei D. João V.

O plano da Igreja é da autoria do conceituado Arquitecto Filipe Terzi, constituindo o tecto da Igreja o único exemplar em Lisboa que resta dos famosos grandes tectos pintados do período Maneirista, atribuído aos pintores Francisco Venegas e Amaro do Vale.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!