Igreja do Salvador de Tabuado

0.0

A Igreja de Tabuado, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1944, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico. Embora as fontes atestem a existência, no século XII, de dois templos em Tabuado, um dedicado a Santa Maria e outro ao Salvador, este parece ter vingado como orago titular. Esta Igreja é, contudo, de fundação posterior, provavelmente de meados do século XIII, conforme nos indica a rosácea protogótica da fachada principal e outros elementos ornamentais do edifício. O portal principal destaca-se pela sua qualidade: tímpano apoiado sobre mísulas [pedras salientes de apoio] em forma de cabeças de bovídeo (tal como no Mosteiro de Paço de Sousa, Penafiel) e capitéis talhados com motivos vegetalistas. Também aqui se apresenta o motivo de pérolas, recorrente no românico das bacias do Tâmega e Sousa. O campanário apresenta-se como uma torre defensiva. No corpo da nave e ao nível do arco cruzeiro persistem dois contrafortes, que acentuam a volumetria da Igreja. No interior, o que mais se evidencia do românico é o arco triunfal, cujas arquivoltas assentam sobre duas colunas, sendo as impostas decoradas com dentes de serra e círculos encadeados. Os seus capitéis resultam de um arranjo contemporâneo. Vibrante é a pintura mural do século XVI que preenche a parede fundeira da capela-mor, representando Cristo juiz, ladeado por São João Baptista e São Tiago Maior.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!