Jardim Botânico da Ajuda

8.1

O Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, é o mais antigo de Portugal, pertença do Instituto Superior de Agronomia, como infra-estrutura de ensino e investigação.

O Jardim tem origens no século XVIII, fundado em 1768 a mando do Marquês de Pombal e projectado pelo muito conceituado botânico Italiano Domingos Vandelli, feito à imagem do jardim da sua cidade natal, Pádua.
Após o grande terramoto de 1755, o Rei D. José e a corte decidem mudar-se para uma das zonas menos afectadas pelo terramoto: a Ajuda, na altura considerada arredor da cidade, onde se começou a construir o magnificente Palácio da Ajuda. O Jardim foi então construído para o lazer da família Real e educação dos príncipes.

Ocupando uma área de aproximadamente 3,5 hectares, a sua traça segue o modelo renascentista de pedra esculpida, fontes e lagos. A decoração é marcadamente barroca, símbolo dos tempos de fundação e da sua feição Real e apalaçada.
O Jardim alberga espécies nacionais e muitas internacionais, chegando a atingir as 5000 espécies, sendo ainda hoje a grande atracção o dragoeiro da Madeira com mais de 400 anos.
Para além das funções botânicas com as mais variadas espécies, da função de recreio, lazer e contemplação, o Jardim alberga ainda o “jardim dos aromas” com plantas aromáticas e medicinais.

O Jardim organiza ainda visitas guiadas, cursos de jardinagem e importantes projectos de investigação, contemplando também actividades e programas especiais para crianças.

Um espaço a não perder, na prestigiada zona de Belém / Ajuda, pleno de beleza e paz de espírito. 

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!