Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

9.6

A Fundação Calouste Gulbenkian é uma instituição portuguesa fundada em 1956 que desenvolve as mais variadas actividades no campo cultural, e também no campo da investigação científica e do ensino, com delegações nacionais e internacionais.

O Parque, ou Jardins, da Fundação Calouste de Gulbenkian em Lisboa alberga a sede da fundação bem como outros serviços como o importante o Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão com o Museu, a Biblioteca de Arte, um Grande Auditório, espaços para exposições temporárias, uma zona de congressos e uma zona de restauração e esplanada.

Construídos na década de 60 do século XX, numa antiga quinta de recreio, que no século XVIII constituía uma das portas da cidade, em homenagem a Calouste Gulbenkian, os Jardins ocupam uma área de aproximadamente 7,5 hectares, albergando espaços únicos de cultura, lazer, beleza e paz de espírito, fazendo deles um dos grandes oásis da grande Lisboa.
Projectados pelos muito conceituados arquitectos paisagistas Gonçalo Ribeiro Teles e António Viana Barreto, os jardins foram planeados em colaboração com os arquitectos que trabalharam nos arrojados edifícios da fundação: Alberto Pessoa, Pedro Cid e Ruy Athouguia.

Este espaço único alberga um lago e vegetação característica Portuguesa, a par de outras espécies naturais do mundo, complementado com um interessante conjunto de estatuária, um anfiteatro ao ar livre, palco das mais diversas actividades, e com diversos passeios pedonais que permitem novas descobertas a cada instante.



Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!