8.4

Lindoso, como o próprio nome indica, é uma bonita aldeia minhota, fronteiriça com Espanha, estendendo-se pela Serra Amarela e pela Serra do Cabril, na margem esquerda do Rio Lima.

Diz-se que o seu nome deriva das palavras do Rei D.Dinis, encantado com a graciosidade do lugar, contudo o topónimo derivará de Limitosum (Limesitis).
Lindoso tem cerca de 1300 habitantes, que se dedicam essencialmente à agricultura e pastorícia, numa zona de relevos elevados, com 1365,5 metros no vértice da Louriça.

A aldeia é composta por típicas casas antigas de granito, subsistindo ainda em algumas instalações agrícolas a pitoresca cobertura de colmo, e foi, desde os inícios da nacionalidade Portuguesa, um importante bastião de defesa nacional. Prova desta importância histórica e militar é o seu imponente Castelo, hoje um interessante espaço museológico.
Outro dos mais importantes monumentos e marcos culturais de Lindoso é o Largo dos Espigueiros, situado entre o castelo e o cruzeiro granítico, existindo um grande número de belíssimos espigueiros por toda a região.

A Barragem do Alto Lindoso e a de Touvedo, possibilitam, para além de todo o aproveitamento hidroeléctrico, maravilhosas paisagens e condições para os mais diversos desportos náuticos. Bem próximo e a não perder é a localidade de Cidadelhe, onde outrora existiu uma povoação Castreja, ou a Parada, com bonitas paisagens.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!