10.0

O Museu de Arte Sacra do Funchal está situado no edifício do Antigo Paço Episcopal, albergando uma rica colecção de pintura, escultura, ourivesaria e paramentaria, dos séculos XV ao XIX.

O edifício do antigo Paço Episcopal foi construído no século XVI, mas muito alterado ao longo dos séculos XVII e XVIII, restando da estrutura primitiva apenas o claustro virado a norte, que também sofreu algumas alterações.

O Museu, inaugurado em 1955, divide-se em dois núcleos primordiais: o da Arte Flamenga, Pintura, Escultura e Ourivesaria, desde fins do século XV até o fim da primeira metade do século XVI; e o núcleo de Arte Portuguesa, de Pintura, Escultura, Ourivesaria e Paramentaria desde inícios do século XVI até meados do século XVIII.

A Pintura Flamenga teve a sua importância na Ilha da Madeira a partir de finais do século XV, na época áurea da produção de açúcar (na altura considerado iguaria de luxo), através dos intensos contactos comerciais estabelecidos com a Flandres.
Estas obras de arte são provenientes na sua maioria de Malines e de Antuérpia, e distinguem-se não só pela sua grande qualidade como pelas suas fascinantes grandes dimensões. Algumas pinturas são atribuídas a importantes nomes como Dierick Bouts, Gerard David, Van Cleve, Mestre de Morrisson, Jean Provoost ou Jean Gossaert de Mabuse.

Da Pintura Portuguesa são de destacar o “Ecce Homo” e a “Ascensão de Cristo”, atribuída a Fernão Gomes ou a “Adoração dos Reis Magos”.
Muitas outras peças e artes merecem especial atenção, entre peças fabulosas de bordados a ouro e matiz, ou ourivesaria sacra como a Bandeja de prata dourada com punção de Antuérpia, entre tantas mais.

Além de peças de valor incalculável, e beleza única, o Museu oferece ainda Serviços Educativos, uma Cafetaria e uma Loja.

Horário:
De terça-feira a sábado
Das 10h/12.30h e das 14.30h/18h
Domingos das 10h/13h
Encerra às segundas-feiras, domingos à tarde e feriados

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!