7.1

Nisa é uma bonita vila Alentejana, sede de município, caracterizada pelo seu típico alvo casario de faixa colorida a alegrar, numa região de calma e sossego, afamada pelos seus saborosos queijos de ovelha.

Nisa tem origens muito antigas, tendo sido já habitada pelo homem desde a época Neolítica, conforme atestam os muitos vestígios neolíticos da região. A povoação ter-se-á desenvolvido a partir de um Castro no cimo do Monte de Nossa Senhora da Graça, tendo sido posteriormente habitada por Romanos, e por eles influenciada.

Com uma história bem antiga, nesta calma vila encontra-se um interessante Património, como o que ainda resta do Castelo do século XIII, as Portas da Vila que ainda restam das seis originais (a da Vila e a de Montalvão), as Igrejas Matriz do século XV e da Misericórdia do século XVI (com um interessante Museu de Arte Sacra), as Capelas do Calvário do século XVII e a de Nossa Senhora dos Prazeres do século XVI, ou a interessante Anta de S- Gens, integrada num conjunto de quatro monumentos megalíticos.
A encimar a vila está, a cerca de 3 km a bonita Ermida de Nossa Senhora da Graça, do século XVI, com várias alterações posteriores, famosa pela sua Romaria, realizada anualmente na segunda-feira de Páscoa. Situada a 300 metros de altura, tem-se do Miradouro adjacente, uma vista formidável, assim como do Miradouro da Serra de S. Miguel, situado a cerca de 460 metros de altura.

Muito procuradas são as Águas Minerais da Fadagosa, a cerca de 10km da vila, muito frequentadas por pessoas vindas de todo o País, sobretudo durante a época termal que se estende de Abril a Novembro.

Para além dos famosos Queijos, Nisa é também famosa pelos tradicionais Barros vermelhos, com as típicas cantarinhas e bilhas decoradas com pequenas pedras brancas com motivos florais, mas também as rendas de bilros e alinhavados.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!