Palácio da Cidadela de Cascais . Museu da Presidência

4.3

A entrada no Museu da Presidência é realizada pela Avenida D.Carlos. Desde 1870 que o Palácio foi usado como residência de veraneio da Casa Real, e em 1910 ficou agregado à Presidência da República após a mudança de regime.
Foi habitado por vários Presidentes da República Portuguesa – de Manuel de Arriaga a Bernardino Machado, na I República, ou Óscar Carmona que aí fixou residência oficial, durante o Estado Novo – o Palácio passou por um longo período de incerteza e de quase abandono.
Em 2004, o Museu da Presidência da República iniciou um estudo aprofundado sobre o Palácio da Cidadela de Cascais que permitiu reconstituir a sua memória histórica, na sua dimensão construtiva, artística, iconográfica e vivencial.
Recentemente sofreu um processo de reabilitação do edifício que culminou na sua abertura ao público, pela primeira vez na história, do Palácio da Cidadela de Cascais.
Os visitantes podem visitar as salas de aparato do Palácio, a capela de N. S. da Vitória, o antigo quarto do rei D. Luís ou a sala árabe, que serviu de gabinete de trabalho ao Presidente Craveiro Lopes, numa iniciativa única que pretende dar a conhecer um património de grande significado, pela sua história, arquitectura e localização privilegiada na baía de Cascais. As visitas realizam-se em grupos até 10 pessoas e acompanhadas por um técnico do Museu, sem horário fixo.

Horário:
Quarta-feira a domingo das 14:00 às 20:00
 Preços: a partir de 4€

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!