7.6

Cidade costeira Portuguesa, sede de concelho, situada na região centro oeste do País, numa península com cerca de 10 km de perímetro, constituindo o seu extremo ocidental o Cabo Carvoeiro.
Com vários quilómetros de costa marítima variada onde se podem encontrar uma grande variedade de praias de finas areias e águas límpidas, Peniche tem na indústria pesqueira e no seu importante porto a sua essência de cidade piscatória, que hoje partilha sabiamente com a crescente indústria turística.
Vários são os pontos de interesse na área, como a Fortaleza, em Peniche, sobranceira ao mar, mandada edificar por D. João III em 1557 e concluída em 1645, com a sua a Torre de Vigia, e a capela de Santa Bárbara; a Gruta da Furninha, na costa Sul da península de Peniche, mais importante estação pré-histórica do concelho; as Igrejas de São Pedro (bem no centro de Peniche, de finais do século XVI) e da Misericórdia, de inícios do século XVII; ou mesmo a Capela de Nossa Senhora dos Remédios localizada junto à costa no extremo ocidental da península de Peniche
Bem próximo de Peniche situa-se Atouguia da Baleia, uma vila bastante curiosa e agradável, onde se pode observar o curioso Touril, estrutura do século XVIII utilizada como palco de lides tauromáquicas, a Igreja de S. Leonardo do século XII e a barroca Igreja de Nossa Senhora da Conceição, de finais do século XVII.
O Baleal e a Consolação são igualmente dignos de visita, não esquecendo a possibilidade de visita às Ilhas Berlengas, um arquipélago rochoso, de formação granítica muito antiga, onde a Natureza se encontra ainda em estado quase selvagem, acessível por Barco através de Peniche. Este arquipélago é composto por três grupos de ilhéus, todos com uma natureza geológica bem diferenciada da costa da península Ibérica, são eles a Berlenga Grande e Cerro da Velha, as Estelas e os Farrilhões. Neste arquipélago nidificam numerosas aves marinhas sobre os imponentes penhascos de granito vermelho, possuindo igualmente submersos formosos recifes e grutas marinhas em estado natural. Na Ilha da Berlenga situa-se o Forte de São João Baptista, construído em 1656, para impedir a ocupação desta ilha por potências inimigas.
Peniche é também famosa pelo seu artesanato, nomeadamente pelas Rendas de Bilros, seguindo uma antiga técnica oriental, mantida sabiamente pelas mulheres dos pescadores ao longo dos tempos.
Igualmente afamada e apreciada na região é a Gastronomia local, com uma grande oferta de restauração baseada sobretudo nos frescos produtos provenientes desta costa e que fazem as delicias de todos os que os degustam.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!