0.0

A Ponte da Veiga integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico. Ponte de pedra de um só arco, ligeiramente quebrado, com aduelas [pedras que formam o arco] estreitas e compridas que evidenciam marcas de canteiro [pedreiro], constitui o exemplo de travessia gótica, cujo período de edificação se situará na primeira metade do século XV. Situada na localidade do Torno (Lousada), outrora do padroado do Mosteiro de Pombeiro (Felgueiras) e no centro de uma região agrícola intensamente explorada durante a Idade Média (como testemunha o topónimo Veiga), é provável que a sua construção se deva aos abades daquele Mosteiro, destinando-se a assegurar o trânsito local ou regional sobre o rio Sousa. Por aqui seguia o velho caminho que do santuário da Senhora Aparecida levava até Unhão, município no qual se integrou esta Ponte até ao século XIX e que forma hoje uma das freguesias do concelho de Felgueiras. Mais do que o símbolo de percursos transregionais ou nacionais, frequentemente associados a rotas de peregrinação, a Ponte da Veiga inscreve-se na categoria de travessia paroquial ou municipal, servindo os interesses senhoriais, laicos ou eclesiásticos, e assegurando a circulação e o escoamento entre as veigas do ainda pouco caudaloso rio Sousa.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!