0.0

A Ponte do Arco, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1982, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico. Unindo as margens do rio Ovelha, a Ponte do Arco faz jus ao nome. Composta por um só arco de volta perfeita, de grandes dimensões, assume-se como uma imponente obra de arquitetura. O seu tabuleiro forma um cavalete, inspirando-se na construção das pontes góticas. Os mestres pedreiros que a projetaram e conceberam, ergueram os seus alicerces em dois afloramentos das margens, formulando assim uma estrutura mais robusta e segura. Talvez sem o desejarem, acabaram por criar um exemplo de vigor e equilíbrio. Esta harmonia só é perturbada quando se observa o intradorso da Ponte da margem esquerda, sendo possível notar o desfasamento dos silhares [pedras] de arranque, na margem direita, cuja posição foi interrompida para colocação do cimbre [estrutura em madeira que serve para o molde do arco]. Parte de uma rede municipal e paroquial de caminhos no antigo concelho de Gouveia, a Ponte do Arco representa bem o modelo de travessias locais que se disseminou ao longo da Época Moderna.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!