Ruínas do Castelo de Giraldo

6.9

Estas Ruínas do chamado “Castelo do Giraldo”constituem um importante legado patrimonial, situadas nas proximidades da aldeia de Valverde, pertencente ao concelho de Évora, na vasta região Alentejana.

O Castelo do Giraldo é um dos raros povoados conhecidos no Alentejo em que se confirmou uma ocupação quase contínua desde o III até finais do I milénio antes de Cristo, posteriormente com uma ocupação esporádica em época medieval.

Esta interessante fortaleza natural, assente num dos contrafortes da Serra de Monfurado a cerca de 334 metros de altura, é uma estrutura fortificada proto-histórica geralmente atribuída à Idade do Bronze, mas com vestígios de outros períodos de ocupação posteriores.
Os vestígios de muralha ainda hoje visível, de planta sub-circular, com um perímetro exterior de 114 metros, datam provavelmente do período medieval.

O povoado foi desde cedo apelidado de “Castelo de Giraldo” por alegadamente ter sido refugio de “Giraldo Sem Pavor”, utilizando-o como base de operações na luta contra os Mouros. Giraldo, ou Geraldo, Sem Pavor, foi um nobre nascido no Norte do País que partiu cedo para o Sul, nas lutas contra os Mouros, onde liderou um bando de salteadores. O seu grande feito deu-se por alturas da tomada de Évora aos Mouros, oferecendo a localidade ao primeiro Rei Português, D. Afonso Henriques, em 1165, utilizando como base estratégica para a vitória esta estrutura.

O povoado tem uma área bastante reduzida, de aproximadamente 0,25 hectares, tendo sido descoberto e identificado em 1957.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!