8.2

São Brás de Alportel é uma pacata vila Algarvia, sede de concelho, situado entre a fertilidade dos solos do interior Algarvio e as muito frequentadas praias da zona costeira mais turística do País, caracterizada também pela industria corticeira que aqui muito se tem desenvolvido ao longo dos tempos.

São Brás de Alportel encanta com a sua arquitectura tradicional, de casario branco com a típica chaminé rendilhada Algarvia, lado a lado com o antigo e o novo.

São Brás já seria uma importante povoação por alturas da ocupação Mourisca da região, tendo perdido algum do seu peso durante a idade média. Já no século XIX a localidade desenvolve-se fortemente devido às muitas plantações de sobreiros que incentivaram o desenvolvimento comercial e fizeram do município o maior produtor de cortiça do País. Contudo, devido à transferência da produção de cortiça para o interior e Norte do país, a cidade viu-se obrigada a diversificar a sua economia nas últimas décadas.

A vila orgulha-se do seu bonito Centro Histórico e do seu rico Património com monumentos como a Igreja Matriz construída sobre um anterior edifício do século XV mas reconstruída após o terramoto de 1755, e com posterior ampliação no século XIX; o Antigo Paço Episcopal construído nos séculos XVII e XVIII para os bispos do Algarve como local de refúgio dos calores de Verão, muito alterado nos séculos XIX e XX, restando da estrutura original apenas parte do edifício principal e uma Fonte de oito bicas; as próximas Ermidas de São Romão (origem do século XVI) e de Alportel com um interessante Parque de Merendas bem perto.

Muito interessante é o Museu Etnográfico do Trajo Algarvio e Casa da Cultura António Bentes, instalado num edifício senhorial de um Senhor da Cortiça do século XIX, albergando hoje em dia uma importante mostra dos trajos característicos do Algarve nos séculos XIX e XX, incluindo também um núcleo de escultura religiosa popular, veículos e instrumentos agrícolas da região e uma exposição dedicada à grande indústria corticeira.

No Domingo de Páscoa, a vila enche-se de cor e flores com a Procissão de Aleluia, uma das mais bonitas do Algarve, com origens no século XVII.

Outros dos atractivos turísticos da região é a “Rota da Cortiça”, onde se pode conhecer melhor a influência desta importante indústria por toda a região.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!