8.1

São João da Pesqueira é uma bonita Vila da Região Norte do País, pertencente ao Distrito de Viseu e sede de município, situada num local de grande beleza natural, por entre os férteis vales do Rio Douro, localizada da importante Região Demarcada do Douro, produtora do afamado Vinho do Porto e de outros Vinhos finos de prestígio internacional.

São João da Pesqueira tem as suas origens muito antes da formação da nacionalidade Portuguesa, com uma situação geográfica estratégica para a recolha de alimento com o grande rio douro e os férteis terrenos aqui situados. O topónimo “Pesqueira” virá dessa primitiva comunidade pesqueira e agrícola que aqui se foi desenvolvendo.
Crê-se, que, pela sua localização, a primeira fortaleza tivesse consistido num castro lusitano, que teria sido aproveitado já pelos Romanos. Consta que quando D. Afonso III de Leão encontrou a fortaleza arrasada e a povoação erma de habitantes, mandou construir o castelo medieval, no ano de 900.
Ao longo dos tempos, e com uma situação privilegiada na margem do Douro, São João da Pesqueira foi-se desenvolvendo e aqui terá mesmo vivido enquanto novo o Marquês de Pombal, responsável mais tarde pelo desenvolvimento da actividade vinícola da região.

A paisagem natural envolvente é de grande beleza, com o rio Douro recortado por montes xistosos onde casas típicas rurais e senhoriais se entrançam, rodeadas por socalcos de vinhas, amendoeiras e olivais, como se pode observar no antigo e bonito miradouro acima da Barragem da Valeira, no Santuário de São Salvador do Mundo, a 711 metros de altitude, com um conjunto de nove pequenas capelas construídas a partir de finais do século XVI.

São João da Pesqueira tem orgulho no seu rico património de onde se destaca a Igreja Matriz, a Capela da Misericórdia de fachada barroca, o ARCO, encimado pela Torre do Relógio (no local da torre medieval da cerca defensiva), e a Arcada ou arcaria (século XVIII) que serviu de mercado, o bonito edifício dos antigos Paços do Concelho e Cadeia (século XIX), onde está actualmente instalado o interessante Museu Eduardo Tavares. Outros monumentos são de realce como o Convento de S. Francisco, onde segundo reza a tradição terá o Marquês de Pombal frequentado as aulas conventuais, e as muitas casas senhoriais e brasonadas demonstrando a riqueza da região, como o Palacete brasonado Casa do Cabo, o Palácio da Quinta de Sidrô ou o sóbrio Solar dos Pintos.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!