7.6

A Sé Catedral do Funchal é um bonito monumento situado bem no centro histórico da capital do Arquipélago da Madeira, constituindo mesmo a mais emblemática obra do período Manuelino na Ilha da Madeira.

Os trabalhos de projecção e construção iniciaram-se em 1493, sendo concluídos em 1514, sobre os desígnios de Pero Annes e Gil Enes, numa obra característica do gótico tardio, conjugando os materiais locais com saberes antigos e modernos.

A Sé do Funchal é composta por várias capelas de épocas distintas: a de Nossa Senhora dos Varadouros do século XIX, a de Nossa Senhora de Lourdes dos séculos XVIII e XX, as Laterais do século XVII a XIX, bem como o Altar Mor do século XVI, o Altar do Santíssimo do século XVIII, o Altar de Santo António do século XVII, a Pia Baptismal do século XVI, a Sacristia do século XVIII e a Confraria do Santíssimo do século XVIII.

A planta é em cruz latina de três naves escalonadas, de transepto saliente e tecto de madeira, em algumas zonas em estilo mudéjar muito trabalhado, considerado dos mais importantes em território luso.
A sua bonita Torre Sineira destaca-se do conjunto exterior, pela sua imponência e beleza, tendo sido terminada entre 1517 e 1518.
A Sé apresenta um interior rico, com diversas obras de estatuária e pintura, destacando-se os vários pormenores decorativos do templo, como os assentos e apoios de braços, onde estão retratadas cenas da vida Madeirense. Igualmente interessante é a Cruz Processional oferecida pelo Rei D. Manuel I, considerada uma das obras-primas da ourivesaria Manuelina, e o Cadeiral que se conserva no seu local de origem.
O órgão Romântico do século XIX, os retábulos de São Francisco de Xavier e da Sé do Funchal do século XVI e a rica azulejaria decorativa são outros elementos que enriquecem este bonito Monumento Nacional, classificado em 1910.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!