8.9

A Serra de Montejunto situa-se no norte do grande distrito de Lisboa, entre os concelhos do Cadaval, a norte, e Alenquer, a sul, numa zona de grande beleza natural.

Situada na sequência do alinhamento montanhoso do maciço calcário da Estremadura, a Serra de Montejunto oferece um curioso contraste paisagístico e climatérico. Erguendo-se entre o litoral e o vale do Tejo, a Serra de Montejunto demarca-se da paisagem envolvente pela altitude e pelas suas características naturais. A oeste, envoltas pelo azul do mar encontram-se as Berlengas e a noroeste, o Sítio da Nazaré, a sul as cristas da Serra de Sintra e para sudeste os verdes das Lezírias do Tejo e dos "Olivais de Santarém".

A Serra é caracterizada por uma intensa actividade agrícola, albergando igualmente uma considerável diversidade florística com mais de 400 espécies de plantas identificadas, bem como uma variedade diversificada de espécies de fauna, nidificando aqui mais de 70 espécies de aves.

Do Miradouro da Cruz Salvé Rainha, onde os monóculos e leitores de paisagem permitem conhecer melhor a Serra, tem-se um panorama magnífico.

A Serra de Montejunto é o miradouro natural mais alto da Estremadura, elevando-se a 666 metros de altitude. Esta estrutura geológica, com 15 km de comprimento e 7 km de largura, é rica em algares, grutas, lagoas residuais, necrópoles e fósseis pré-históricos.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!