8.6

Terra de contrastes, Vale de Cambra situa-se entre a natureza bucólica da Serra da Freita e a modernidade da zona urbana.
Localizado a cerca de 40 Km da cidade do Porto, Vale de Cambra é um vale fértil, protegido pelos montes circundantes, que propiciou, desde muito cedo, a fixação dos povos.
Há vestígios arqueológicos e estudos de toponímia que levam a concluir que este território foi ocupado por civilizações pré e proto-históricas.
Tão imenso quanto a sua área florestal (cerca de 70%), quanto as suas paisagens ao longo do curso do Rio Caima (principal rio que banha a localidade) e as aldeias de serra,
Lado a lado convive a tradição de aldeias mais longínquas (Arões, Junqueira ou Cepelos), fontes de riqueza paisagística, gastronómica, artesanal. São também estas aldeias fontes de inesgotáveis histórias de vida de quem, ainda hoje,preserva as tradições orais, gastronómicas e religiosas com orgulho de viver na zona mais alta do concelho.
O belíssimo cruzeiro de Rôge e o portal da igreja de Arões, consubstanciam a magnificência das formas do barroco, outras igrejas, de aspecto exterior mais modesto, encerram retábulos de interessante labor artístico, pontes antigas fazem viajar ao passado e casas solarengas ostentam a imponência de gente fidalga.
Monumentos megaliticos e as insculturas do Outeiro dos Riscos em Gatão-Cepelos atestam a ancestralidade da presença humana. Alguns castros, no alto dos montes, recordam-nos a presença de tribos proto-históricas.
Conhecer Vale de Cambra é também deliciar-se com a sua gastronomia. A vitela assada à serrana, acompanhada de um vinho verde sublime, o cozido à portuguesa, a broa de milho, os enchidos, o presunto e o queijo reflectem toda esta envolvência serrana. Um leite-creme divinal coroa a refeição.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!