6.8

Vila Pouca de Aguiar é uma vila, sede de concelho, do Norte do País, na região conhecida por Alto Trás-os-Montes, rodeada pelas Serras de Padrela e do Alvão e muitas vezes apelidada de “Capital do Granito”, tal é a influência desta rocha na localidade.

Toda a natureza circundante é de grande beleza, por entre Serras e cursos de água , esta é uma região plena de história, tranquilidade, património e tradição.

Este é um território habitado pelo homem desde remotos tempos, existindo diversos vestígios de Dolmens, Antas e Castros, como é possível ainda testemunhar na povoação da Cidadelha, que contém ainda vestígios de um povoado fortificado castrejo. O povo Romano deixou também vestígios da sua ocupação pela região, como troços de uma antiga via militar que partiria de Chaves. O território foi também ocupado por Suevos, Visigodos e Muçulmanos. Após a criação do Reino, é atribuído o primeiro foral à Terra de Aguiar de Pena pelo Rei D. Sancho I, em 1206.

Este lugar, de feição predominantemente rural, apresenta uma antiga história patente no seu bonito Património, como se pode observar no interessante Museu Municipal instalado na Casa do Condado; no bonito Pelourinho de Vila Pouca de Aguiar; no já referido recinto fortificado de Cidadelhe, com a Capela da Aldeia e o que resta da Muralha; na Ponte de Cidadelhe de Aguiar ou no bonito Santuário de Nossa Senhora da Conceição, de onde se tem uma vista fenomenal sobre o vale de Aguiar.
Um pouco por toda a região encontram-se importantes vestígios agrícolas que têm sobrevivido à passagem do tempo, como os muitos Moinhos, encontrando-se também curiosos Relógios de Sol.

A Barragem do Alvão proporciona locais e recantos aprazíveis, bem como excelentes condições para a prática das mais variadas actividades de turismo e lazer.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!