Tumulo do Coronel Lake

6.4
Lo sentimos, este texto sólo está disponible en Portugués

No local onde decorreu a Batalha da Roliça, a 17 de Agosto de 1808, que marcou o início do fim do domínio napoleónico na Península Ibérica, o Túmulo do Coronel Lake foi feito pelos seus companheiro, homenageando o tenente coronel Inglês que aqui pereceu.

O tenente coronel George Lake, era um corajoso Inglês, veterano das guerras da Índia, que chefiou nesta Batalha um regimento de parca experiência, tendo sido atingido no alto do seu cavalo, perecendo. Os seus homens incapazes de, no estreito espaço de que dispunham, manter a formação, receberam fogo cruzado, causando muitas baixas, retrocedendo.

A Batalha da Roliça foi travada a 17 de Agosto de 1808 entre as tropas Francesas do general Delaborde e as tropas luso-britânicas de Athur Wellesly e Bernardino Freire, sendo esta a primeira batalha da chamada Guerra Peninsular.

A Primeira Invasão francesa teve início a partir do dia 27 de Outubro de 1807, com assinatura do Tratado de Fontainebleau, onde Napoleão, imperador Francês desde 1804 e o Rei Espanhol Carlos IV reafirmavam a aliança entre os dois Países, comprometendo-se também a partilhar os territórios conquistados. Estava aberto o caminho para as tropas francesas.

A 6 de Agosto de 1808 uma força expedicionária Inglesa, aliada de Portugal, sob o comando do general Wellesley, desembarcava na baía de Buarcos, na Figueira da Foz, tentando rumar a Lisboa.

As tropas Francesas, sob o comando do general Delaborde, confrontam então nesta Batalha as forças Inglesas, saindo derrotadas, retirando-se para Torres Vedras, onde se reuniram às tropas do general Junot.

A vitória da Batalha da Roliça abriu caminho para que quatro dias depois com a Batalha do Vimeiro, no concelho da Lourinhã, se desse a machadada final nas invasões francesas.

Roliça tem, inclusivamente, o seu nome gravado num monumento em Londres.



Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!