Castelo de Penedono

9.0

A primitiva fortificação de Penedono só é referida por volta do ano 930, quando, no âmbito da reconquista cristã da Península Ibérica, esta região foi pela primeira vez reconquistada aos muçulmanos, pelo rei de Leão.
Todavia, os vestígios de ocupação pré-histórica nesta zona, tornam possível admitir que uma fortificação possa ter existido, mesmo antes da ocupação romana da península.
Foi o rei de Leão, Fernando Magno, que em 1064, conquistou definitivamente este castelo aos muçulmanos, passando mais tarde a fazer parte do território do Condado Portucalense.
Depois da independência portuguesa, Penedono mereceu a atenção de diversos reis, dado a sua colocação estratégica, com, por exemplo, D. Dinis, em finais do século XIII, a mandar reforçar as suas defesas.
O actual aspecto, romântico, deste castelo, acredita-se que remonte a finais do século XIV, quando o rei D. Fernando, doou esta terras a um nobre de nome, Vasco Fernandes Coutinho, que fez dele a residência da família e nesse sentido foi utilizado até finais do século XV.
Abandonado e chegando mesmo a ser proposta a sua demolição, foi defendido por um grupo de cidadãos, a que chamaram « Homens Bons », e já no século XX, foi classificado como Monumento Nacional, vindo a beneficiar de obras de consolidação e restauro, da responsabilidade da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!