Convento dos Capuchos - Sintra

8.0

Atravessando a serra de Sintra em direcção a Colares, surge a seta que indica o caminho até  ao  Convento dos Capuchos, escondido no meio da natureza, um dos raros locais na serra onde estão preservadas espécies autóctones.  Idealizado por D. João de Castro, IV Vice-Rei da Índia e proprietário dos terrenos onde o convento se encontra, foi o seu filho, Dom Álvaro de Castro que, em 1560, levou a cabo o projecto do pai, com a ajuda dos frades. O Convento da Arrábida, fundado por um padre franciscano castelhano em 1542, ganhou assim um irmão mais novo, o Convento dos Capuchos, num estilo maneirista. Forrado com cortiça para impedir as infiltrações de humidade na parede, tudo neste convento denota os conhecimentos avançados dos frades franciscanos para a sua época. A cerca do Convento dos Capuchos constitui, um exemplo notável da floresta primitiva da serra de Sintra, sendo essencialmente constituída por carvalhos caducifólios, com elementos do maquis mediterrânico, associados a uma grande profusão de fetos, musgos e plantas epífitas e trepadeiras que tudo envolvem e recobrem num denso emaranhado vegetal. Pela sua raridade, estado de conservação e porte de muitos exemplares, esta mata representa um importante valor natural que importa salvaguardar.

Horários:
Aberto todos os dias do ano (excepto 25 de dezembro e 1 de janeiro). 
Época Alta, 9h30 às 20h00 : Época Baixa, 10h00 às 18h00

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!