8.2

Vila Nova de Cerveira é uma lindíssima Vila Minhota, sede de concelho, bem na região Norte, debruçada sobre o Rio Minho que a separa da vila Espanhola de Góian.
Vila fronteiriça, desenvolveu-se em volta das suas muralhas, que a protegiam dos ataques Espanhóis, situada numa região de grande beleza natural.

A origem do nome Vila Nova de Cerveira tem duas possíveis explicações: poderá derivar de uma grande colónia de cervos que existia na região, ou poder-se-á referir ao primeiro Senhor de Cerveira que teve solar por estes sítios no tempo do Rei D. Sancho I.

O território que corresponde ao actual concelho de Vila Nova de Cerveira foi habitado desde tempos bastante remotos, chegando até aos nossos dias vestígios de diversos povos que por aqui passaram.

Vila histórica, predominantemente rural, mas com algumas indústrias que se têm desenvolvido nos últimos anos, Vila Nova de Cerveira é famosa pela sua prestigiada Bienal de Artes Plásticas, que atrai muitos visitantes e conceituados artistas nacionais e internacionais, realizada desde 1978.

As suas várias casas apalaçadas, brasonadas e típicos solares minhotos concedem-lhe um tom senhorial, que denota a importância e poderio económico ao longo dos séculos, enriquecendo a beleza da vila, envolta ela própria num ambiente idílico de montanhas verdejantes e copiosos cursos de água.

Vale a pena conhecer o castelo da Vila, onde funciona hoje em dia a bonita Pousada de D. Dinis, e também a bonita Igreja Matriz e a Capela da Misericórdia, ou admirar no cimo do monte uma notável escultura em ferro, de José Rodrigues, simbolizando o Cervo de “Cerveira”.

A gastronomia da região é influenciada pela riqueza do Rio, que oferece também panoramas indescritíveis, e a oferta de restauração em Vila Nova de Cerveira é de qualidade, com destaque para pratos como a lampreia, o sável ou a muito apreciada tainha.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!