Castelo de Abrantes

Abrantes

Información

Abrantes foi conquistada aos mouros por D. Afonso Henriques, por volta de 1148, que mandou construir melhores defesas, tarefa que foi continuada pelos monarcas seguintes, mas é com D. Afonso III, que são implementadas as mais importantes melhorias, como a construção da Torre de Menagem, com obras que se prolongam até 1300, já no reinado de D. Dinis. 

 

Com a guerra da Restauração da Independência, depois de 1640, é alvo de novas obras, desta vez para a sua adaptação ao uso de artilharia, tornando-se numa importante praça forte, que no século XVIII, era o quartel do regimento de Cavalaria Real.

 

Durante as invasões francesas, em 1807, a fortaleza foi ocupada pelo general, Junot, mas poucos anos depois foi recuperada. Ao longo dos anos foi perdendo o interesse militar e chegou a funcionar como presídio.

 

Classificado como Imóvel de Interesse Público, beneficiou de obras de consolidação e restauro das muralhas do castelo e da Torre de Menagem. Na praça de armas existem ainda ruínas do Paço dos Condes de Abrantes e a Igreja de Santa Maria do Castelo, onde funciona um museu histórico.

Mapa

Opiniones

6.9Normal14 votos

¿Has estado aquí?

¡Evalúa de 1 (Muy malo) a 10 (Excelente)!

Experiencias para tu viaje

Tenemos varias experiencias para una visita única

ver más

Ciudad Online

Escolha o Idioma